Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Bisneta de Anita Garibaldi planta rosa híbrida em museu de Florianópolis

Bisneta de Anita Garibaldi participou do plantio nos jardins do Palácio Cruz e Sousa – Foto: Antonio Carlos Mafalda/Divulgação/ND

Bisneta de Anita e Giuseppe Garibaldi, a professora Annita Garibaldi plantou, nesta segunda-feira (17) uma rosa híbrida nos jardins do Museu Histórico de Santa Catarina, onde fica o Palácio Cruz e Sousa, em programação que marca o bicentenário de nascimento da heroína catarinense.

A descendente elogiou a ideia de plantar a rosa em locais acessíveis à população, o que contribui com a disseminação da trajetória da bisavó como figura importante da história de Brasil e Itália. “Anita renasce com este ato”, avaliou.

A presidente da FCC (Fundação Catarinense de Cultura), Ana Lúcia Coutinho, explicou que o plantio da rosa se encerra no Palácio Cruz e Sousa pois, apesar de a heroína nunca ter passado por Florianópolis, o local é responsável pela salvaguarda da memória catarinense.

Annita Garibaldi fez homenagem à bisavó. “Anita renasce com esse ato”, disse  – Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Divulgação/Secom/ND

O diretor do Instituto Cultural Anita, uma das entidades que compõem a Comissão Estadual Comemorativa ao Bicentenário do Anita Garibaldi, Adílcio Cadorin, lembrou o início do projeto Dois Mundos e Uma Rosa para Anita.

A iniciativa proporcionou o plantio e o contato com a comunidade de sete cidades catarinenses por onde a heroína passou durante sua vida: Tubarão, Lages, Anita Garibaldi, Curitibanos, Laguna, Garopaba e Imbituba. “A rosa é o grande símbolo do bicentenário de Anita Garibaldi”, pontuou.

“A rosa é o grande símbolo do bicentenário de Anita Garibaldi!, afirma Adílcio Cadorin, presidente do Instituto Cultural Anita – Foto: Ricardo Wolfenbuttel/Divulgação/Secom/ND

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo