Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Coronavírus: empresas afetadas pela pandemia também enfrentam a burocracia

Rua do Centro de Florianópolis no início das restrições econômicas para conter a pandemia – Foto: Anderson Coelho

Um dado que salta aos olhos do levantamento divulgado pelo Sebra-SC, Fiesc e Fecomércio SC nesta terça-feira (12) sobre o impacto econômico da pandemia é a burocracia enfrentada pelos empreendedores.

A pesquisa revelou que 49,2% dos empresários catarinenses buscaram por crédito nesse período, mas apenas 14,3% conseguiram a ajuda emergencial para evitar demissões e até encerramento da atividade.

Outra constatação: o crédito é mais acessível para as grandes e médias empresas. Entre os pequenos, menos de um terço conseguiu.

O receio da burocracia, que atrapalhou muitos que procuraram socorro, também inibiu que outros procurassem as instituições financeiras. Calejados, nem tentaram.

_ Desde o início da pandemia, 530 mil pessoas já perderam o emprego em SC

Mais Conteúdo