Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Emissário submarino: marcada nova data de audiência pública em Florianópolis

Atualizado

Emissário vai passar ao norte da Ilha do Campeche. – Foto Flavio Tin/ND

Depois de dois cancelamentos, em maio e em julho, o IMA (Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina) marcou para 10 de setembro, às 19h, a audiência pública para apresentação e discussão do Rima (Relatório de Impacto Ambiental) do polêmico projeto emissário submarino do Sul da Ilha de SC. A reunião com a comunidade será no Colégio do Campeche, na SC-405.

O sistema, segundo projeto apresentado pela Casan ao IMA, tem o objetivo ampliar a rede de esgotamento sanitário de Florianópolis e das Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) por meio da implantação de tubulação subterrânea com comprimento de aproximadamente cinco mil metros, em um eixo perpendicular à linha da costa localizado ao norte da Ilha de Campeche e distante 5,3 km metros da orla.

“É neste momento que os moradores e demais setores envolvidos podem dialogar e sanar as dúvidas sobre os projetos. Também é uma fase essencial para o licenciamento, pois é por meio deste encontro que o órgão ambiental conhece a realidade local e as percepções sobre a instalação do empreendimento”, destaca o presidente do IMA, Valdez Rodrigues Venâncio.

O custo da obra é estimado em R$ 190 milhões, com prazo de execução de 27 meses.

Mais Conteúdo