Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Florianópolis corre para regularizar informações junto ao TFCE/SC

A inclusão de Florianópolis entre as 2.091 cidades que fecharam 2016 com algum tipo de irregularidade fiscal tem relação com a polêmica que resultou na interrupção do contrato com a Thema Informática, que  dava suporte para a prefeitura ainda na gestão passada. Por isso a Capital catarinense apareceu na lista do índice Firjan, publicado na última quinta-feira, em função da falta de divulgação do balanço anual. Segundo o atual governo municipal,  em 2017 foi contratada uma nova empresa, que está revendo e avaliando as informações geradas durante o ano passado. O objetivo é concluir o trabalho o quanto antes para conseguir remeter o quarto bimestre para o TCE (Tribunal de Contas do Estado).  O levantamento da Firjan aponta o  ajuste das contas públicas como o grande desafio das administrações públicas municipais do Brasil. Uma das principais conclusões é que o aperto refletiu na redução de investimentos.

Mais Conteúdo