Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Florianópolis tem 170 pontos de descarte irregular de lixo

Atualizado

A entrada da rua Mané Vicente, no bairro Monte Verde, está se tornando um verdadeiro lixão a céu aberto. Sacos e sacos de lixo, colchões, móveis velhos, entre outros, são depositados ao longo da via sem respeitar sequer a vegetação que acompanha o meio-fio. Detalhe: a entrada da rua fica a poucos metros da SC-401, que leva às praias do Norte da Ilha.

Mas este não é um caso isolado, segundo informações da Comcap (Companhia de Melhoramentos da Capital) existem cerca de 170 pontos de descarte irregular de lixo na cidade. A Companhia informou ainda que esta semana deverá ser feita uma nova limpeza nesses pontos, com retroescavadeira e caçambão. A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Comcap, gasta mais de R$ 1 milhão por ano com limpeza corretiva nesses locais.

Curioso é que as pessoas praticam este tipo de crime ambiental são capazes de pegarem seus veículos e irem até os locais para fazer o descarte irregular. Mais correto, prático e sustentável seria ir até um dos Ecopontos da Comcap dando destino adequado aos resíduos volumosos.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo