Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Gargalo da mobilidade, elevado do CIC (avenida da Saudade) precisa ser repensado

O segundo acidente com motocicleta sobre o elevado do CIC (Avenida da Saudade) em menos de duas semanas e as constantes filas no local servem de reflexão sobre aquele que é um dos gargalos da mobilidade e principal acesso para a rodovia mais movimentada do Estado.

GMF em ação no elevado do CIC no início da tarde de terça-feira (3). Foto: Divulgação/GMF 

Quando temos um acidente, o transtorno é imediato. Na tarde desta terça-feira não foi diferente e a GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) precisou atuar para evitar problemas maiores, mas muita gente ficou na fila aguardando o socorro ao motociclista ferido.

Diante dos fatos, fica a pergunta:  não estaria na hora de pensar grande e duplicar as pistas do elevado?  É preciso repensar o acesso à rodovia SC-401. Enquanto uma obra estrutural não acontece, a GMF terá que manter seus agentes no local para orientar e barrar os motoristas que tentam furar a fila pela pista da esquerda da Avenida Beira Mar Norte.

Mais Conteúdo