Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

MPF cobra construção de Casa de Passagem para indígenas em Florianópolis

Terminal de Integração do Saco dos Limões virou abrigo temporário de indígenas – Foto: Flavio Tin/ND

Depois de vistoria realizada ontem no alojamento provisório de indígenas na estrutura do Tisac (Terminal de Integração do Saco dos Limões), o MPF (Ministério Público Federal) considerou que a Prefeitura de Florianópolis descumpriu o termo de compromisso assinado em outubro do ano passado para construção de uma Casa de Passagem.

Segundo o MPF, “não foi constatada nenhuma ação efetiva para a execução do projeto, nem mesmo a limpeza do terreno, ou ainda providências provisórias que possibilitem a utilização adequada da estrutura do Tisac”.

A Prefeitura de Florianópolis informou que tem reunião nesta semana com MPF para tratar do tema. Acrescentou também que a estadia dos indígenas, que não são de Florianópolis, no Tisac “tem impedido o município de reformar a estrutura e transformar num centro de convivência para idosos e crianças que já está licitado e com empresa pronta para iniciar”.

Mais Conteúdo