Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Nos 10 anos da primeira ghost bike, carta aberta cobra “postura enérgica” de governos

Atualizado

Com a divulgação de uma carta aberta e um pedal que vai sair da rótula da UFSC em direção ao centro, a Amobici (Associação de Mobilidade por Bicicleta e Modos Sustentáveis) marca hoje os 10 anos da instalação da primeira ghost bike em Florianópolis. “As bicicletas-fantasmas estão aí e o temor em hastear outra mais exige a cobrança de uma postura enérgica, séria e eficiente de quem governa Florianópolis e Santa Catarina”, afirma o texto.

Ghost bikes servem de alerta para motoristas e ciclistas na Ilha. - Foto: Flavio Tin/ND
Ghost bikes homenageiam ciclistas mortos em acidentes e servem de alerta para autoridades – Foto: Flavio Tin/ND

Mais conteúdo