Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Sem patrocínio, atleta vende bala na rua para participar de campeonatos

Atualizado

Gabriel “Joenk” Santos de Oliveira com a medalha conquistada no Ibirapuera em julho – foto: Fabio Gadotti/ND

Três vezes campeão catarinense de jiu-jitsu e com medalhas conquistadas em outros Estados, o atleta Gabriel Santos de Oliveira, o Joenk, 19 anos, não pensou duas vezes e foi nos últimos dias para o Largo da Catedral, Centro de Florianópolis, vender balas de goma para conseguir competir até dezembro.

Sem apoio de patrocínio, ele conta com uma corrente do bem para garantir participação nos próximos campeonatos, com início em setembro no Rio de Janeiro. Com outros desafios em vista – em Curitiba (PR), Rio e Barueri (SP) -, Joenk calcula que vai precisar de cerca de R$ 3 mil para bancar as inscrições, viagens e hospedagens.

Faixa azul na modalidade, ele tem o sonho, claro, de chegar à elite do esporte. Na foto, o lutador aparece com a medalha de campeão na faixa azul, peso leve (até 76 kg), no Mundial de Jiu Jitsu Esportivo conquistada nos tatames do Ibirapuera (SP) no último dia 27 de julho.

Gabriel durante uma competição em Curitiba, no Paraná – Divulgação/ND

Mais conteúdo