Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.

Uma tentativa de intimidar o Legislativo municipal

Atualizado

Peritos do IGP inspecionaram o veículo do vereador Vanderlei Farias, o Lela – Divulgação/ND

As ameaças recebidas, já transformadas em boletim policial, e a descoberta de um rastreador no carro do vereador Vanderlei Farias (PDT), nesta quarta-feira (20) à noite, representam uma tentativa de intimidação do Legislativo municipal, que manifestou “profunda preocupação” com o caso.

A democracia pressupõe, como também destacou a Câmara em nota oficial, “uma atuação livre de seus parlamentares na defesa das causas e ideologias pelas quais foi eleito para representar a população”. As diferenças devem ser resolvidas no embate de ideias e no diálogo, jamais com ameaças.

Lela disse ontem que tem sido alvo de intimidações desde o final do ano passado, relacionadas ao seu mandato parlamentar. “Não tenho inimigos fora da política, não creio em outra possibilidade”, disse à coluna. O vereador pediu proteção policial à Secretaria de Segurança Pública.

Além da solidariedade dos colegas, de todos os partidos, o pedetista também recebeu o apoio do prefeito Gean Loureiro (MDB): “Ficamos à disposição para auxiliar na garantia da segurança e do direito do parlamentar em cumprir seu papel fiscalizador e de manifestação. O vereador Lela já foi um membro do governo e hoje exerce papel na Câmara, muitas vezes divergentes do Executivo. No entanto, sempre com relação ética e respeitosa”.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo