Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

A excelente entrevista do jovem Lourenço do Avaí: tocou na própria ferida

O versátil e jovem atleta Lourenço deu uma aula de lucidez ontem na entrevista coletiva antes do treino visando o jogo de amanhã diante do Internacional na Ressacada.

Foi preciso e realista ao dizer que o time do Avaí precisa treinar mais para não errar tanto nas finalizações diante dos goleiros adversários como tem ocorrido.

Os números do Avaí são assustadores, apontam para falta de qualidade: é o time que menos venceu ao lado da Chapecoense, é o pior ataque e a segunda pior defesa do brasileiro.

Sobre o VAR e os erros das arbitragens, Lourenço preferiu “passar por cima” do assunto.

Ninguém discute que houve erros de arbitragens e intervenções equivocadas do VAR contra o Avaí – e contra outras equipes também-, mas isso está muito longe de ser o principal motivo do time ocupar a zona de rebaixamento desde o início do campeonato.

Boa entrevista, tocou na ferida da falta de qualidade nas definições sem querer criar uma “cortina de fumaça” para esconder os erros.

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo