Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Avaí e Figueirense vão se manifestar sobre a decisão da Prefeitura que proíbe os treinos

O parecer da Equipe Técnica da Força Tarefa COVID-19 da Secretaria de Saúde de Florianópolis que vetou a realização dos treinos na capital no início da tarde desta quarta (13) “abalou” as diretorias de Avaí e Figueirense. Até porque o sentimento era de otimismo pela sinalização dada pelo Governador do Estado, Carlos Moisés que, no dia anterior, prometeu criar uma comissão para analisar com atenção a retomada do futebol no início de junho.

O que aparentemente poderia ser uma briga política (teve torcedor se manifestando dessa forma após a decisão do poder municipal) é na verdade, exatamente foi escrito neste espaço do ND desta quarta (13): há muitos elementos para serem analisados, há muita responsabilidade em jogo para a bola volte a rolar em nossos gramados.

Se apenas o desejo fosse levado em conta, a bola já estaria rolando, ou melhor, nem teria parado. Mas como são decisões técnicas e o que menos existe é a sincronia de decisões entre presidente, governador e município, até que a bola volte a rolar, uma gangorra diária de otimismo e de desânimo quanto a esse tema vai ocupar os noticiários esportivos.

MANIFESTAÇÕES OFICIAIS

Até o fim desta quarta(13) as diretorias de Avaí e Figueirense vão se manifestar quanto a decisão da Prefeitura Municipal de Florianópolis que vetou a realização dos treinos de equipes profissionais.

.

Mais Conteúdo