Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Bom Dia, Avaí! Terça 28.05

NA CONTA DO GENINHO

Geninho teve noite infeliz diante do Ceará- Marco Santiago/ND

O tropeço do Avaí na noite de ontem diante do Ceará teve um responsável direto: o treinador Geninho. Após um bom primeiro tempo onde o time da Ressacada foi para o vestiário vencendo por um a zero e até poderia ter ampliado o placar, na segunda etapa o treinador e o seu auxiliar Evando assistiram de forma passiva o time do Ceará crescer na partida. Somente quando saiu o gol de empate é o treinador Geninho “acordou” e resolveu fazer duas alterações colocando em campo Daniel Amorim e Luan Pereira. Tendo que correr atrás do placar, o treinador novamente perdeu da terceira substituição colocando o meia Douglas no desespero para tentar resolver alguma coisa. O Avaí não vence desde o último jogo do turno do estadual, está na zona do rebaixamento. A equipe tem as suas limitações, mas quando um experiente treinador contribui negativamente, é que a situação é desesperadora no sul da ilha.

UM DORME E O OUTRO RECLAMA

Com 15 minutos da segunda etapa, até o tio pipoqueiro do estádio da Ressacada estava vendo a necessidade de mudar o time do Avaí que estava sendo engolido pelo time do Ceará. A torcida impaciente dava os seus recados da arquibancada. Só quem não viu isso e dormiu foi o treinador Geninho. Até poderia ter sido auxiliado pelo Evando, mas o ex-atacante só quer reclamar da arbitragem trazendo insegurança para o banco de reservas. Já tem cartão amarelo e daqui há algumas rodadas será suspenso, já imaginaram?

NÓ TÁTICO

Enquanto o treinador dormia no banco de reservas, o treinador Endersom Moreira do Ceará ia promovendo as alterações para mudar o seu esquema tático. Percebeu os espaços dados pelo time do Avaí e colocou em campo Ricardo Bueno, ex-Figueirense e Pedro Ken, com passagem apagada pela Ressacada. No lado do avaiano, as três alterações do Geninho foram atrasadas. Errou no “timing”.

TABU DE VITÓRIAS 

Time do Avaí foi engolido pelo Ceará no segundo tempo. – Frederico Tadeu/Avaí FC

A última vitória foi diante da Chapecoense na última partida do returno do estadual. De lá para cá, dois empates no estadual, uma derrota para o Vasco na Ressacada e mais seis jogos na Série A sem vitórias.

CAMPEONATO DO AVAÍ

No chamado campeonato do Avaí, só tropeços. Empate com o Vasco, empate com o CSA e derrotas para o Bahia e para o Ceará.

DIRETORIA

Ontem a comissão técnica dormiu. E a diretoria vai dormir até quando? Quando o rebaixamento vier lá pelo mês de setembro?

FALA, TORCEDOR

A má fase do Avai tem nome: Geninho
Não assistiu o segundo tempo. Time acuado e cansado. Ficou inerte em pelo menos tentar dar um gás na equipe. João Paulo é um ciscador e não joga pro time. Vai pro descanso da copa América com 3 pontos e a lanterna. Rebaixamento iminente despois da copa fica faltando 29 jogos ou 87 pontos, é necessario minimo de 45 pontos (aproveitamento de 48%) pra ficar na serie A. O chato é q o Avai e certeza e veremos os demais 19 clubes jogando e brigando pra ficar na série A.

Reynaldo Ramos Junior

Qualquer um que não tenha medo de fazer substituição contra o Ceara, CSA, VASCO , bem simples assim!

Douglas Prazeres

Chamou o time do Ceará pro nosso campo e demorou pra mexer no time. Geninho perdeu a mão do time.

Gustavo Albuquerque

AVAÍ MIRINS

Avaí Mirins, trabalho sério e dedicado. – divulgação/Avaí Mirins

A garotada do Avaí Mirins tem uma série de compromissos importantes nessa semana. Amanhã, as equipes sub-12 e sub-13 vão até Curitiba para jogar no Sul-Brasileiro das respectivas categorias. Às 15h, os pequenos Leões defendem a liderança e a invencibilidade no sub-13, e, em seguida os mais novos buscam os três pontos para alcançar o segundo lugar e garantir – por antecipação – a vaga à próxima fase. A última rodada será no dia 15 de junho, contra o Joinville em Florianópolis. No fim de semana, mais um desafio. Desta vez pelo Catarinense, jogo contra a Chapecoense, no campo anexo à Ressacada, desta vez só com o sub-13, valendo as primeiras colocações.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo