Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

CBF divulga calendário para 2020, estaduais diminuem de tamanho

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta tarde de quinta(03) o calendário do futebol para a próxima temporada.

Algumas situações chamam atenção:

  • A CBF vai parar o brasileiro em datas FIFA, nesse caso não prejudica os clubes que cedem jogadores para a Seleção Brasileira.
  • Só que na Copa América o brasileiro não para, ou seja, um clube que cede jogadores para a Seleção pode ficar até nove jogos desfalcado.

Outra situação que está gerando polêmica: os estaduais perdem mais datas. Para a próxima temporada, as Federações estaduais terão que adaptar os formatos da tabela para 16 datas.

É voz corrente que essa seja a tendência, com os estaduais cada vez menores.

OPINIÃO

Não tem jeito, enquanto o calendário do futebol brasileiro e sul-americano não se adaptar ao calendário europeu, qualquer que seja a solução encontrada, sempre haverá discordâncias e vozes contrárias. É a história do cobertor curto: cobre um lado e deixa o outro descoberto.

Como assim se adaptar ao calendário europeu, sr. Fábio Machado? É a realidade apresentada atualmente. É o velho continente que dita as ordens no futebol mundial. Enquanto tivemos a arrogância de achar que eles é que tem que se encaixar no nosso calendário, estaremos acompanhando à distância o crescimento deles acumulando Copas do Mundo, mundias de Clubes, Bolas de Ouro etc.

ESTADUAL

Os campeonatos estaduais ainda estão longe do seu fim, como muito acreditam. Mas essas competição – deficitárias, repetindo, muitos times pagam para jogar nela – precisam de um choque, de alguma mudança mais substancial. Não mudá-la ou apostar em algum outro formato, apenas vai fazer com que, ano a ano, ela vá perdendo o interesse. Como aliás, muitos times grandes já entenderam – disputando com o time sub-23 ou o time considerado alternativo. O filão atualmente está nas competições como Copa do Brasil e Brasileiros onde as premiações são consideradas satisfatórias.

Mais Conteúdo