Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Cinco conselheiros do Figueirense defendem o fim da parceria e do modelo de terceirização.

Um documento assinado por cinco conselheiros do Figueirense defendem “o fim da parceria e do modelo de terceirização, em qualquer uma de suas formas”. Segundo esses conselheiros que se antecipam ao processo – ou ao que pode acontecer futuramente após a reunião do Conselho Deliberativo que deve ser convocado para breve “é preciso que o Figueirense volte a andar com suas próprias pernas, com independência total, não dependendo ou confiando em mecenas, aportes, canetas cheias, promessas de arenas e títulos ou salvadores da pátria”.

Abaixo o documento publicado nas redes sociais.

Documento de cinco conselheiros pede a saída da Elephant S/A do Figueirense – divulgação

Mais conteúdo