Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Depois do tio sem noção, a boa notícia da Fórmula 1

Se na coluna de ontem comentamos sobre a ideia insana de um diretor de equipe da fórmula 1 que sugeriu que os seus pilotos contraíssem o coronavírus propositalmente para adquirirem anticorpos, hoje a notícia deste esporte é positiva e salutar.

Mesmo sabendo que uma grande parte dos torcedores brasileiros deixaram de curtir as corridas, inicialmente após a morte do Ayrton Senna e depois com a ausência de pilotos brasileiros nas provas, não é segredo para ninguém que a categoria é importante para testar equipamentos e tecnologias nos seus carros.

Muito provavelmente, algum recurso de segurança e estabilidade no carro que você leitor ou leitora está dirigindo foi testado antes em algum Grande Prêmio num dos vários circuitos da fórmula 1.

É exatamente aqui que entra a boa notícia: vários engenheiros da Mercedes e de outras equipes de ponta estão envolvidos em projetos para fabricarem respiradores artificiais em tempo recorde para amenizar os efeitos da pandemia da Covid-19.

É a tecnologia do esporte a favor da vida no esporte.

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo