Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Federação Catarinense de Futebol publica nota de repúdio: “Fortes agressões do VAR”

A Federação Catarinense de Futebol publicou no site no início desta tarde de segunda(7) uma Nota de Repúdio pelas “agressões das análises equivocadas do VAR – Assistente de Vídeo na rodada do fim de semana. Em Chapecó, o Flamengo teve um gol em impedimento validado, enquanto que o Avaí sofreu um gol diante do CSA em penalidade inexistente.

Correta a ação da FCF. Tem que se manifestar: É preciso se posicionar.

Enquanto isso, as sonolentas diretorias da Chapecoense e Avaí ficam em silêncio.

O futebol catarinense sofreu duas fortes agressões no último domingo (6) quando decisões equivocadas na análise da tecnologia aplicada na arbitragem (VAR), prejudicaram de forma grosseira seus dois representantes na Série A do Campeonato Brasileiro, Associação Chapecoense de Futebol e Avaí Futebol Clube.

Defensora do uso da referida tecnologia, que surgiu para auxiliar a arbitragem e transformar o jogo mais justo e dentro das regras, a FCF não pactua com o seu uso para servir de pressão e escudo à fuga de responsabilidade das autoridades de dentro do campo. Se a regra do jogo permite interpretação, é injusto e absurdo que a decisão final esteja alocada a quem está longe do clima da partida imaginando ações e decidindo por pseudos movimentos, nem sempre concretizados em infrações.

Assim, a Federação Catarinense de Futebol abraça as inconformidades manifestadas por seus filiados, repudia a forma como foram causados os imensuráveis prejuízos ao futebol catarinense e apela no sentido de que o uso da tecnologia e a arbitragem, sejam ferramentas para estabelecer a justiça em todos os jogos.

Balneário Camboriú, 7 de outubro de 2019.

Mais Conteúdo