Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

FIGUEIRENSE 0 X 0 CUIABÁ: Notas dos jogadores e avaliação do treinador Pintado

PEGORARI – Apareceu quando foi exigido. NOTA  7

KAUÊ – Totalmente fora de ritmo. Quando subiu tentou um chute que a bola parou na lateral.  NOTA 4

(VICTOR GUILHERME) – Não conseguiu aproveitar o corredor no segundo tempo. NOTA 6

PEREIRA – Mesmo atuando na zaga, surpreendeu com um belo chute no segundo tempo. NOTA 6

HÉLITON – Não brilhou e não comprometeu.  NOTA 5

CONRADO – No segundo tempo sofreu pelo seu setor com os atacantes do Cuiabá. NOTA 6

PATRICK – O futebol de sempre com marcação vigorosa no meio de campo.  NOTA  5

BETINHO – O melhor jogador do Figueirense. Quando apareceu, abriu jogadas pelas alas. Lutador. NOTA 7

FELLIPE MATEUS – Faltou mobilidade, aceitou a marcação e não criou nada.  NOTA 5

(ANDRIGO) – Entrou e voltou a ser o Andrigo de sempre. Não rendeu.   NOTA  6

JEFERSON RENAN – Foi o melhor jogador do ataque. Foi o que mais arriscou.  NOTA 6

BRENO – Perdeu um gol sem goleiro que até a minha faria. Aí complica. NOTA 3

(ROBERTINHO) – Tentou dar mais velocidade. Mas o resto da equipe não ajudou.   NOTA 6

 RAFAEL MARQUES – Perdido, sumido. Aceitou a marcação adversária.  NOTA 5

PINTADO – Poderia ter saído com o Robertinho como titular no lugar do Kauê. Aceitou de forma passiva o andamento do jogo e não passou vibração para o seu time.  NOTA 5

CUIABÁ –Um time organizado que jogando sem muita pretensão, “cozinhou a partida” e arrancou um ponto no Scarpelli.   NOTA 6

Comentário sobre o Figueirense 0 x 0 Cuiabá. CLIQUE AQUI

Mais Conteúdo