Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Figueirense 1 x 2 Oeste: nota dos jogadores, treinador Márcio Coelho e time adversário

Matheus Vidotto – As duas bolas que foram no gol, ele tomou.  NOTA 4

Luis Ricardo – Experiente, apostou nas jogadas diagonais na primeira etapa. Já é titular.         NOTA 7

Alemão – Apenas disposição e só.  – NOTA 5

Ruan Renato – Sofreu com o atacante Fábio do Oeste.  –  NOTA 4

Carlinhos – Alguma correria aqui, outra ali.  – NOTA 4

Pereira – Péssima partida. Não ajudou, só atrapalhou e foi substituído. NOTA 3

(Christian) – Entrou e saiu lesionado. SEM NOTA

(Tony) – Horroroso. Mais atrapalhou que ajudou.   NOTA 2

Patrick – Se sacrificou pelo resto do meio. Mesmo assim insuficiente.  –  NOTA 6

Andrigo– Apesar do gol de pênalti, errou todas as cobranças de falta para a área. – NOTA 6

(Robertinho) – Nada acrescentou. NOTA 4

Victor Guilherme – Corre sem pensar. Pensa sem correr. – NOTA 4

Everton Santos – Nulo no ataque. Tímido.  NOTA 3

Gustavo Poffo –  O único mérito foi ter sofrido o pênalti.   NOTA 5

Marcio Coelho – É difícil exigir alguma coisa de um treinador com tantos problemas para escalar a equipe. Mas a desatenção é um fator de vestiário. Complicado.  NOTA 4

Oeste –  O time que mais empata no futebol brasileiro agradeceu a sonolência do Figueirense na primeira etapa e pobreza técnica no segundo tempo. Elvis no meio de campo dá o tom. NOTA 8

Comentário Fábio Machado – Foto: arte/ndonline

Mais Conteúdo