Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Morre Cacá Martan: Colegas de imprensa choram e lamentam.

Cacá Martan. Deixa saudades entre colegas de imprensa. – reprodução twitter/Cacá Martan

O dia amanheceu triste para o esporte de Joinville e para a imprensa esportiva catarinense. O colega Cacá Martan morreu aos 66 anod, após não resistir a uma cirurgia do coração. O coro de lamentos de colegas próximos dele é a prova inequívoca do seu trabalho honrado. Cacá era diretor da ACESC – Associação dos Cronistas Esportivos de Santa Catarina, atuava como radialista no norte do estado, era empresário da área de comunicação institucional e eventos. Aqui na capital, Cacá Martan ficou conhecido por atuar no programa “Os Comentaristas” na então TV RCE ao lado de Roberto Alves, Miguel Livramento entre outros. Cacá comentava diariamente sobre as notícias do futebol de Joinville e região.

Colegas de imprensa lamentam a sua morte.

Meu corpo inteiro treme. Os dedos estão dormentes e as pernas mostram espasmos. Estou em choque. (…) Dói demais. Perdi um grande companheiro de caminhada, uma figura de avô que – infelizmente – não tive.

Gabriel Fronzi, repórter esportivo.

Que notícia mais triste. A morte do colega Cacá Martan, um dos ícones do rádio de SC, deixa todos órfãos de uma das vozes mais cativantes e marcantes da “latinha”. Meus sentimentos à família e ao amigos dessa fera que ajudou a formar muita gente boa na imprensa de Joinville.

Diogo Maçaneiro, editor de esportes do ND – Jornal Notícias do Dia.

Amanheço no sábado com uma triste notícia. Faleceu na madrugada de hoje, em Joinville, meu amigo radialista Acácio Martins (Cacá Martan), apresentador da Rádio Cultura e Diretor da ACESC. Meus sentimentos à família e aos amigos.

J.B. Telles, comendador do Desporto, Radialista e Jornalista.

O rádio Joinvilense está órfão com o falecimento do Cacá martan. Estou aqui incrédulo. Meu companheiro e amigo e irmão quase 50 anos. vivemos grandes momentos que começou em 1973 na faculdade de economia e depois na rádio e TV, onde fomos parceiros de grandes programas. Estou sem direção. Está difícil de absorver está fatalidade.

José Mira, radialista e presidente da ACESC

Dia começa com uma notícia estarrecedora. Perdemos um grande colega, pessoa sensacional, um exemplo de vitalidade, um amigo daqueles. Sentimentos à família do granda Cacá Martan. Que Deus o tenha em bom lugar.

Rodrigo Santos, jornalista esportivo. Brusque

Que notíca “bad”! A comunicação de Joinville perde um baita. Deus conforte a família e amigos.

Danuta Malavolta, radialista e repórter esportiva

Acordamos com essa triste notícia no dia de hoje. Descanse em paz, Cacá Martan!

Mídia social do Joinville Esporte Clube

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo