Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Na série B, primeiros colocados não estão para brincadeira. Figueirense precisa reagir!

EM BUSCA DA REAÇÃO ALVINEGRA

Vinícius Eutrópio a nova realidade do Figueirense  (foto: Divulgação) – Divulgação

Basta uma rápida olhada na parte de cima da tabela do campeonato brasileiro da série B para perceber que os times que estão nas primeiras colocações não estão para brincadeiras na luta pelas quatro primeiras vagas que garantem o acesso do nosso futebol do próximo ano. É uma briga dura rodada a rodada. Possivelmente a chamada “linha de corte” do G4 neste ano será com pontuação alta.

Diante disso – e não por ser rigoroso como me disse um fiel leitor da coluna – o Figueirense precisa voltar a vencer após quatro jogos sem sair de campo como vencedor.  No mínimo trazer um ponto diante do Vila Nova no jogo deste sábado no estádio do Serra Dourada.

O treinador Vinícius Eutrópio vai entrar com as mínimas mudanças possíveis, conhece o time do Figueirense e sabe das suas virtudes e limites. O adversário treinado pelo conhecido Marcelo Cabo chega animado pela vitória na última rodada fora de casa diante do Brasil no interior gaúcho.

Mais conteúdo