Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

No Figueirense, o jogo das homenagens e do alívio. Agora é limpeza no elenco

No sábado (30) o Figueirense encerrou a sua temporada de 2019 com um empate diante do Operário – PR no Scarpelli em jogo de muitas homenagens, agradecimentos e alívios.

A diretoria homenageou os funcionários do clube que entraram ao lado dos jogadores no gramado: celebração justa e correta. Há exatamente uma semana aqui na coluna tinha sugerido essa lembrança para os colaboradores que passaram um ano muito sofrido.

Os agradecimentos ficaram por conta dos jogadores que reconheceram o apoio vindo das arquibancadas e da torcida para os atletas pela manutenção do time na Série B.

Isso sem esquecer de dar o devido mérito para a diretoria que deu o sinal verde para a retomada alvinegra após a saída da parceria – ou os sabotadores da instituição.

E, finalmente foi o jogo do alívio.

Porque apesar do objetivo ter sido alcançado após a maior crise da história do Figueirense – escapar do rebaixamento-, o time provou mais uma vez que é de uma pobreza técnica sem tamanho.

Que a temporada de 2020 inicie agora com uma limpeza geral nesse elenco.

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo