Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

O Aspone do Figueirense

Sai diretoria e entra diretoria no Figueirense e uma figura é presença constante nos corredores do estádio Orlando Scarpelli.

Não manda nada, não apita nada e pela sua condição “folclórica”, como é designada pelos diretores, funcionários e conselheiros ele permanece por ali como um verdadeiro aspone.

Quando aparece a imprensa faz cara de preocupado e logo emenda: “Daqui para frente as coisas vão melhorar”.

Não perde a oportunidade de se manter na crista da onda.

Foi favorável à saída do Paulo Prisco Paraiso, apoiou o Nestor  Lodetti, o Wilfredo Brillinger e a Elephant. No embalo das contestações da empresa parceira, pediu a sua saída e mais uma vez curte o seu momento “situação” no clube. Agora apoiando a gestão do Francisco de Assis.

Que figura!

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo