Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

O Londrina não desiste. Advogado do clube acredita no rebaixamento do Figueirense

LONDRINA ACREDITA NA REVIRAVOLTA E REBAIXAMENTO DO FIGUEIRENSE

“Acreditamos sinceramente que o Londrina vai disputar o brasileiro da Série B de 2020”, essas foram as palavras otimistas de Eduardo Vargas, advogado especialista em direito desportivo, em entrevista concedida para o repórter Rafael Morientes da rádio CBN de Londrina.

Segundo Vargas, “essas equipes não podem ficar impunes” se referindo ao Figueirense e Brasil de Pelotas, equipes que tiveram problemas com salários atrasados no campeonato brasileiro do ano passado.

Sobre o caso do Figueirense, o advogado citou o caso “absurdo” sobre o WO diante do Cuiabá. E relembrou que minutos antes da sessão no tribunal, o time catarinense apresentou documentos comprovando os pagamentos desses atrasados.

O questionamento do advogado do Londrina, é sobre a “a forma contraditória dos auditores que leram por cima um documento de 500 páginas”. E completa “sobre esse documento, analisamos que há fraude”, disse o advogado do Londrina em entrevista para a rádio local.

E completou dizendo que “jogadores foram coagidos para assinarem aquela documentação”. Mesmo afirmando que o processo foi arquivado, Eduardo Vargas garante que após a diretoria do clube entrar em contato com atletas novamente, o clube fez uma denúncia “uma notícia de infração” junto à procuradoria para abertura de um inquérito e garante “isso está acontecendo agora, o auditor processante desse caso, o procurador Dr. Mauro Marcelo e Silva que é auditor do STJD e também delegado de polícia tem conduzido esse caso que está na fase de investigação”, completa.

É, mesmo com o caso divulgado, com a tabela da série B divulgada (o Figueirense está lá) o Londrina não desiste.

Mais Conteúdo