Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

O quero-quero explica a opção pelo Pintado como treinador do Figueirense

O Figueirense anunciou o Pintado, 54 anos, atualmente desempregado,  como o novo treinador para a sequência da Série B. A reação imediata não foi positiva. Não era o que estava no radar dos torcedores. Ainda mais depois da vitória do último sábado diante do América-MG com o Márcio Coelho, o Gugu no comando da equipe.

Um quero-quero que dá belos rasantes no gramado do estádio Orlando Scarpelli apareceu na minha janela para garantir que a escolha pelo Pintado (que já foi técnico do Figueirense) passou por uma consulta com vários profissionais do futebol brasileiro ( como Marcos Aurélio Cunha, Muricy etc) sobre o comportamento do treinador no vestiário. E que todas as referências foram positivas.

A ave (sempre bem informada, quem acompanha a coluna sabe!) me disse que apesar da surpresa entre os torcedores e imprensa geral, o nome do Pintado foi bem aceito no vestiário do grupo. O ex-jogador Fernandes, por exemplo ficou satisfeito com a escolha.

Pintado chega com a missão de tirar o Figueirense da zona do rebaixamento e de provar que a escolha pelo seu nome foi acertada pela gestão temporária do clube..

Boa sorte!

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo