Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

OPINIÃO: Futebol sem nenhum brilho do Avaí na Ressacada. Nenhuma luz no fim do túnel.

FUTEBOL SEM BRILHO NA RESSACADA

Avaí x Goiás, pela 11ª rodada da Série A – Arte Rogério Moreira/ND

Apesar da inauguração do novo sistema de iluminação do estádio da Ressacada, no gramado o Avaí continua sem vencer apresentando um futebol sem brilho e sem trazer uma “luz no fim do túnel” para o torcedor na tabela de classificação. Há três meses sem conquistar uma vitória e firme na lanterna do Brasileiro, o que se viu na noite deste domingo(21) diante do Goiás foi um futebol pobre; sem jogadas mais incisivas e, apesar de ter mais posse de bola, um jogo afunilado que facilitou o desarme do adversário.

Aliado a isso e a falta de qualificação deste grupo para uma Série A, muitos erros de passes e de fundamentos básicos do futebol.

As vaias dos torcedores no final da partida e a declaração do Betão, citando “constrangimento” é a prova inequívoca de que o Avaí, através da sua comissão técnica e diretoria, não se preparou e não se qualificou para o campeonato mais difícil do mundo.

Como já escrito aqui na coluna em outra oportunidade, o time da Série B do ano passado é melhor do que o time que está na Série A deste ano.

O sofrimento é consequência.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo