Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Se tem um lugar que não existe crise, esse lugar é no cofre da CBF

Se existe um lugar no futebol brasileiro que não pode reclamar de falta de dinheiro, esse lugar é a CBF (Confederação Brasileira de Futebol). A receita cresceu 43,3 % em relação a 2018 – o total foi de R$ 957 milhões. A CBF teve um superávit de R$ 190 milhões, já que segundo o seu relatório “mais da metade foi aplicada direta ou indiretamente no futebol”.

Mesmo que a CBF tenha isentado os clubes das taxas relativas aos contratos e à transferência de jogadores e tenha anunciado uma ajuda nesta segunda (06) de R$ 19 milhões para socorrer clubes e federações em tempo de crise, pelos valores em caixa, dá para ajudar mais.

É claro que dá.

Mais Conteúdo