Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Sua excelência, o torcedor

Um gestor de clube tradicional e histórico que vira as costas para a sua torcida, não tem a mínima ideia do que é a essência do futebol, a tradição e a trajetória do seu clube.

O caso recente do Figueirense é emblemático. Sem a necessidade de aqui relembrar os fatos, basta dizer que, quando a torcida entrou “em campo”, o ano foi salvo.

Torcedor em geral gosta de palavras verdadeiras e compromissos sinceros.

Ele percebe quando está sendo enrolado ou engabelado pela sua diretoria.

Ele se afasta, some dos estádios e não há jeito de voltar, apesar de todo esforço do departamento de marketing.

Fica aqui o recado para os nossos dirigentes: Avaí e Figueirense precisam do calor humano que vem das arquibancadas.

Essa é uma relação quase centenária.

A gestão competente, séria e profissional só fica completa com o barulho, a festa e a presença da massa se associando e apoiando os atletas no grama

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo