Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Tirando a boa grana que a CBF recebeu, os amistosos da Seleção nos EUA serviram para quê?

Os dois recentes amistosos caça-níquéis da Seleção Brasileira em território americano foram decepcionantes em todos os sentidos.

Para começar, adversários que recentemente o Brasil enfrentou na própria Copa América, não trazendo nenhuma nova experiência ou conhecimento para o treinador Tite.

Indo para o campo, um empate com a Colômbia sem os seus dois principais jogadores, Falcão García e James Rodrigues e uma derrota para o Peru sem o atacante Guerrero.

Isso sem contar com um estádio com marcação de no futebol americano e jogadores fora dos seus setores de origem nos seus clubes. Tirando a boa grana que a CBF recebeu, nenhum lucro técnico pode ser contabilizado nesses decepcionantes amistosos.

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo