Fábio Machado

Rotina, contratações e análise dos jogos dos clubes catarinenses. A história do futebol no Estado é resgatada com postagens que relembram os títulos e jogadores que marcaram Santa Catarina.

Uma noite de manifesto e nota de esclarecimento no futebol da capital.

Na noite desta quarta (22) a bola começa a rolar no futebol catarinense. Mas no futebol da capital, com os bastidores agitados, a terça (21) foi de nota e esclarecimentos.

Pelo lado do alvinegro, uma nota de Esclarecimento assinada por Francisco de Assis, Presidente dos Conselhos Deliberativo e Administrativo (interino) do Figueirense responde ao comunicado divulgado pelo grupo do ex-presidente Paulo Prisco Paraíso que continua trabalhando em várias frentes para “em breve contar com a participação de PPP e seu grupo rumo ao centenário” e relata o tipo de trabalho realizado em várias frentes na equipe. No item 4, procura harmonizar o ambiente interno: “Embora possa existir alguma posição contrária à consolidação da parceria, estas não foram identificadas, mesmo porque não se chegou à deliberar sobre o assunto”.

Do lado do Avaí, um grupo de conselheiros assina uma “Manifestação de Conselheiros consternados e com reprovação veemente” sobre o ocorrido no último sábado na Ressacada. No caso, a discussão do presidente Francisco Battistotti com um torcedor nas arquibancadas. O documento contesta também a “inconcebível nota oficial do clube, dois dias depois do episódio, e seu lamentável conteúdo, desvalorizando o papel do associado e, de certa forma, sabotando as reiteradas iniciativas da própria instituição para o incremento do quadro associativo”.

Feliz 2019, ops, feliz 2020.

. – Foto: new_02/divulgação

Mais Conteúdo