Garagem 360

Blog automotivo focado em serviços. Novidades, dicas e informações para manter o seu carro sempre em perfeitas condições de uso.

Opinão: Vettel vence, mas não leva o GP do Canadá de 2019

Opinão: Vettel vence, mas não leva o GP do Canadá de 2019 - Foto: Divulgação

Opinão: Vettel vence, mas não leva o GP do Canadá de 2019 - Foto: Divulgação

Um decisão polêmica dos comissários tirou a vitória do GP do Canadá de 2019 das mãos de Sebastian Vettel. O alemão da Ferrari até cruzou a linha de chegada em primeiro, mas teve que se contentar com o segundo lugar, já que recebeu uma punição de cinco segundos. Lewis Hamilton, que não tinha nada a ver com a história, foi declarado o vencedor. Já Charles Leclerc, com a outra Ferrari, foi o terceiro.

GP do Canadá 2019: história

Pole position pela primeira vez no ano, Vettel fez uma largada limpa e manteve a ponta sem problemas. Atrás dele, Hamilton e Leclerc ameaçaram uma disputa, mas ficaram em segundo e terceiro, respectivamente. Daniel Ricciardo também iniciou a prova de maneira limpa, mantendo o bom quarto lugar que obteve na classificação de sábado.

Embora estivesse movimentada no bloco intermediário, a corrida seguida tranquila entre os ponteiros. A Ferrari de Vettel tinha bom rendimento e conseguia abrir vantagem na liderança. Enquanto isso, na volta 10, Lando Norris sofreu um quebra de suspensão em sua McLaren e abandonou a corrida canadense.

LEIA MAIS: Veja os 50 carros mais vendidos na América Latina em 2019

Land Rover testa novo Defender no Quênia

Líder sem dificuldades, o tetracampeão da Ferrari fez seu único pit stop na volta 26. Hamilton parou duas voltas depois. Ambos colocaram os mesmos pneus duros. E foi justamente essa mudança que fez os rumos da corrida. Lewis se achou com a borracha mais resistente e passou a ter um ritmo de prova melhor, diminuindo a vantagem.

E essa pressão acabou fazendo Vettel cometer o erro de escapar na curva 4. Ao retornar à pista, ele acabou fechando o carro de Hamilton. Por conta dessa manobra, os comissários resolveram aplicar a punição de cinco segundos para o alemão. Sebastian até tentou abrir o espaço necessário, mas Lewis não deixou.

No fim, Vettel até cruzou a linha de chegada na liderança, mas quem levou foi a corrida foi Hamilton. Revoltado com a decisão, o piloto da Ferrari não levou seu carro até o espaço reservado para os três primeiros colocados, ameaçou não ir ao pódio e ainda colocou a placa de segundo colocado no carro de Hamilton.

Ainda não acabou

Segundo o regulamento da categoria, a punição de cinco segundos não pode ser recorrida. Entretanto, a Ferrari não parece preocupada com isso e já anunciou que irá recorrer do resultado da prova. Sendo assim, o GP do Canadá de 2019 pode não ter acabado ainda.

Classificação

Abaixo, confira como ficou o resultado final da prova deste domingo.

Mais conteúdo