Garagem 360

Blog automotivo focado em serviços. Novidades, dicas e informações para manter o seu carro sempre em perfeitas condições de uso.

Testamos: Fiat Cronos Precision entrega bom conteúdo e dirigibilidade exemplar

Testamos: Fiat Cronos Precision entrega bom conteúdo e dirigibilidade exemplar - Foto: Leo Alves/Garagem360

Testamos: Fiat Cronos Precision entrega bom conteúdo e dirigibilidade exemplar - Foto: Leo Alves/Garagem360

Lançado no início de 2018, o Fiat Cronos foi desenvolvido para ser o derivado familiar da linha Argo. Embora tenha alguns elementos distintos, a frente e a cabine do três volumes não escondem seu parentesco com o hatch. Para conhecer melhor o veículo, o Garagem360 testou por uma semana a versão Precision 1.8 automática do modelo, que é a mais completa da gama.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Fiat Cronos Precision: impressões

Equipado com o motor E.torQ 1.8, o sedã entrega 139 cv e 19,2 kgfm de torque máximo quando abastecido com etanol, que foi o combustível utilizado no carro testado. Embora seja um propulsor de projeto mais antigo — estreou em 2010 — ele ainda tem seus méritos. Seu funcionamento é linear e silencioso.

Ao acelerar, o veículo demora um pouquinho para desenvolver, mas logo embala. O câmbio automático de seis marchas casa bem com o conjunto e não deixa o Cronos sem potência. Quem quiser, pode efetuar as trocas de marcha pela alavanca ou pelas borboletas atrás do volante.

O Cronos é um carro prazeroso ao volante. Embora não tenha vocação esportiva, o sedã responde bem quando é exigido — como em uma ultrapassagem, por exemplo. Sua suspensão é confortável, mas não mole. Ela consegue absorver bem as imperfeições das ruas e, ao mesmo tempo, segurar firme a carroceria em curvas de alta velocidade.

E por se tratar de um carro 1.8, automático e que só rodou com o ar-condicionado ligado, o consumo do sedã foi aceitável. Ele fechou o teste marcando 7,3 km/l de média em seu computador de bordo. Na estrada, durante uma viagem de ida e volta de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, a Santos, o três volumes anotou 11,5 km/l — isso com quatro adultos a bordo e com o porta-malas de 525 l cheio.

Interior

Se por fora o design do Cronos se destaca, principalmente por conta da traseira com um ar de Alfa Romeo, por dentro a cabine do modelo também merece elogios. O desenho do painel é moderno, e o acabamento, embora utilize bastante plástico, é bom. Essa versão conta com detalhes em tecido nas portas, o que ajuda a deixar a cabine com aparência mais requintada.

Além de ser bem acabado, a cabine oferece bom espaço interno para quatro adultos. Os bancos são confortáveis e acomodam bem o corpo, não cansando mesmo após algumas horas a bordo do veículo.

LEIA MAIS: Testamos: Honda City EX sente o peso da idade, mas segue forte no segmento

Testamos: Hyundai HB20S Premium anda bem – e cobra caro pelo conjunto

Com boa pegada, o volante multimídia tem os comandos bem posicionados e funcionamento leve e preciso. O painel de instrumentos com a tela digital é oferecido como opcional, mas tem boa leitura e oferece informações úteis ao motorista, como o consumo, pressão dos pneus e dados do sistema multimídia.

E por falar no multimídia, o sistema Unconnect, com tela de sete polegadas e compatível com Apple Car Play e Android Auto, também agradou. Porém, os celulares da Apple não ficam com o espalhamento em tela cheia, ficando com um contorno vermelho em volta das informações, mas nada que atrapalhe o uso.

Hora da compra

O preço sugerido para a versão Precision automática é de R$ 75.490, de acordo com o site da Fiat. Porém, com todos os opcionais que o modelo testado tinha, o preço sobe para R$ 86.010. Não é um valor baixo, mas está na média do segmento. Seu maior concorrente, o VW Virtus, compete na mesma faixa e pode sair ainda mais caro que o Cronos.

Mesmo sem ter tanto espaço interno quanto o sedã da Volkswagen, o modelo da Fiat é um forte concorrente. O motor E.torQ pode não ser o mais moderno do mercado, mas ainda consegue entregar um bom desempenho, embora demore um pouco para embalar. Os opcionais oferecidos também poderiam ser mais baratos, além de que alguns deles, como a câmera de ré, poderiam ser itens de série.

Por oferecer um bom espaço interno, ser agradável de dirigir e andar bem, o sedã é uma boa opção e merece ser considerado por quem deseja um carro desta categoria.

Testamos: Fiat Cronos Precision entrega bom conteúdo e dirigibilidade exemplar

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo