Garagem 360

Blog automotivo focado em serviços. Novidades, dicas e informações para manter o seu carro sempre em perfeitas condições de uso.

Testamos: por R$ 280.900, Mercedes-Benz GLC 250 Highway entrega elegância aliada a conforto e potência

Testamos: por R$ 280.900, Mercedes-Benz GLC 250 Highway entrega elegância aliada a conforto e potência - Foto: Maria Beatriz Vaccari/Garagem360

Testamos: por R$ 280.900, Mercedes-Benz GLC 250 Highway entrega elegância aliada a conforto e potência - Foto: Maria Beatriz Vaccari/Garagem360

Sem medo de errar, a Mercedes-Benz GLC 250 Highway é um dos modelos mais elegantes e completos já avaliados pelo Garagem360. Por R$ 280.900, o utilitário entrega o que se deseja em um carro: conforto a todos os passageiros, respostas rápidas ao volante, discrição no dia a dia da cidade, agilidade na estrada, muita tecnologia embarcada e, até, economia de combustível (8,5 km/l, em um motor 2.0 turbo).

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Mercedes-Benz GLC 250 Highway: impressões

A primeira impressão, ao entrar no modelo, é que será necessário ao motorista se matricular no SENAI ou na ETE para conseguir operá-lo em sua totalidade. São algumas dezenas de botões, superfícies e comandos que vão desde memorizar a posição do banco (que inclui ajuste lombar) até conectar seu telefone (com grande suporte ao Android Auto e Apple CarPlay).

Pós susto inicial, entretanto, rapidamente se acostuma com o interior de nave espacial e torna-se fácil e agradável operar o modelo. Mesmo porque é o conforto que mais chama a atenção dentro do veículo – os bancos frontais, por exemplo, lembram muito aquelas poltronas do papai, vastamente reclináveis. Dá para regular diversas partes do assento separadamente e ainda salvar 3 configurações personalizadas.

A cabine, aliás, é um dos grandes trunfos do GLC 250, começando pelo isolamento acústico. Quase perfeito, com os vidros fechados, deixa para o lado de fora o ronco do motor até quando o motorista pisa fundo. A acústica também funciona muito bem em conjunto com o sistema de som – que entrega um resultado excelente, com reforço nos graves, por exemplo.

Ainda em relação ao sistema multimídia, o fato da tela não ser touch incomoda um pouco. Como logo o motorista aprende a usar os comandos físicos, é um problema facilmente contornável (principalmente para a geração de migrantes digitais, que viveram longos anos no mundo analógico e se adaptaram a telas sensíveis ao toque recentemente).

Outro ponto que chamou atenção para a pegada “retrô” da Mercedes-Benz GLC 250 Highway foi a interface do sistema multimídia. Com ícones grandes e levemente arredondados em 3D, pareceu um pouco os sistemas dos “antigos” players multimídia MP5, MP6, MP12.

Conforto

Pode ser redundante falar de conforto se tratando de uma Mercedes-Benz. Mas é preciso ser um pouco repetitivo nesse caso – com 4,65 m de comprimento, 1,89 m de largura e 1,63 m de altura, é possível que os passageiros fiquem com as pernas esticadas sem grandes problemas.

A exceção, nesse caso, pode ficar para quem viaja no meio, no assento traseiro. Isso porque o túnel central – típicos em carros 4×4 – ocupa um espaço considerável, causando um certo incômodo. Para todos os outros pontos do carro, a viagem é extremamente agradável – assim como quem vai na frente, as pessoas atrás têm uma saída dupla de ar.

Durante a condução, o motorista sente bem os 1.735 kg do SUV. Entretanto, isso não atrapalha a dirigibilidade – que se mostrou exemplar na estrada e na cidade. O que faltou mesmo foi um estepe, apesar do modelo trazer um kit de reparo. Além disso, outro ponto fraco é o espelho retrovisor do motorista, que amplia bem o reflexo e pode confundir o condutor durante mudanças de faixa e manobras.

Mesmo sendo um modelo com quase cinco metros de comprimento e duas toneladas, o GLC tem fôlego de esportivo. Por ser um carro feito para andar em uma Autobahn a 250 km/h, o SUV encara sem dificuldades o limite de velocidade brasileiro. É até estranho andar a 40 km/h ou 50 km/h, já que ele parece estar parado.

Não é difícil alcançar velocidades proibidas em uma única aceleração. O motor 2,0l de 211 cv puxa bem e supera os 100 km/h velozmente (7,3 s, de acordo com a marca). Porém, mesmo sendo estável, a carroceria inclina bastante em curvas de alta. Nesse caso, o responsável é o centro de gravidade elevado, característico de SUVs.

Boa opção?

Em resumo, a Mercedes-Benz GLC 250 Highway vale a compra – desde que, claro, o motorista deseje um SUV de luxo e tenha, disponíveis, pouco mais de R$ 280 mil. Agrada a quem goste de qualquer tipo de direção, da esportiva à mais comedida – e, independentemente da escolhida, seu maior aliado, dentro do modelo, será o conforto.

*colaboraram Leo Alves, Luchelle Furtado e Maria Beatriz Vaccari 

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

 - Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

- Foto: Divulgação - Foto: Divulgação/Garagem 360/ND

Mais Conteúdo