Malta: um paraíso no Mediterrâneo e muitas delícias

Malta: a água azul cristalina seduz visitantes de todo o mundo - Luciane Daux/ND
Malta: a água azul cristalina seduz visitantes de todo o mundo – Luciane Daux/ND

Uma pequena ilha no Mar Mediterrâneo que, por sua posição estratégica, sempre foi objeto de desejo e passou por invasões e domínios importantes como o dos gregos, do Império Romano, dos cruzados, do exército de Napoleão e da Grã-Bretanha (entre outras heranças, o inglês é língua oficial). Some a isso a vizinhança da Sicília e do nordeste da África e pense em extraordinárias fusões gastronômicas! O escargot e o coelho são frequentes nos restaurantes, assim como a timpana, uma torta recheada com penne à bolonhesa. Soa estranho mas é maravilhosa, assim como todos os frutos do mar, servidos muitos frescos e que, muitas vezes, você pode escolher direto no aquário de água salgada.

Ġbejna – um queijo redondinho, feito de leite de ovelha. São servidos frescos, secos ao sol, salgados ou apimentados. - CC0 Creative Commons Alchetron
Ġbejna – um queijo redondinho, feito de leite de ovelha. São servidos frescos, secos ao sol, salgados ou apimentados. – CC0 Creative Commons Alchetron

Menu de inverno inclui outras delícias além do sorvete, especialidade da casa - Miski
Menu de inverno inclui outras delícias além do sorvete, especialidade da casa – Miski

Menu de inverno
Novidades do cardápio de inverno da sorveteria e cafeteria recém-inaugurada na Avenida Beira-Mar Norte. A aposta, que se soma às sobremesas, burguers e às famosas taças com sorvetes artesanais, são criações quentinhas como churros, waffles, donuts, brownie, tortinhas, croissant, coxinha, sanduíches e outras opções para acompanhar os novos cafés, chás e chocolates.

Pastizzi, uma herança grega para Malta - CC0 Creative Commons Maltese-Foods
Pastizzi, uma herança grega para Malta – CC0 Creative Commons Maltese-Foods

Pastizzi de espinafre e nozes
1 pacote de massa folhada pronta
1 maço de espinafre (somente as folhas) cozido
2 xícaras (chá) de coalhada seca
2 ovos inteiros
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 pitada de noz moscada
1 colher (chá) de canela em pó
2 colheres (sopa) de nozes bem picadas

1. Escorra e pique bem o espinafre. Misture à coalhada seca, ovos batidos, sal, pimenta do reino, noz moscada e as nozes picadas.
2. Ligue o forno a 180oC.
3. Abra a massa folhada e, com a ajuda de um aro, corte círculos de 10cm de diâmetro.
4. Coloque um pouco do recheio no centro da massa e una as laterais, deixando o centro vazado, onde se veja sutilmente o recheio.
5. Leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até que os pastizzi dourem.

Luciane Daux
Tostadas com gbejna
2 porções
100g de gbejna (pode usar ricota fresca, muçarela ou burrata de búfala)
2 fatias de pão integral
½ abacate maduro
100g de grão de bico cozido
50g de beterraba cozida
Sementes de gergelim pretas, tostadas
Rúcula a gosto
8 tomates cereja
Sal e azeite de oliva a gosto

1. Bata o grão de bico no liquidificador ou processadora até obter uma pasta lisa. Separe a metade e bata a outra metade com a beterraba cozida.
2. Toste ligeiramente as fatias de pão.
3. Monte a tostada passando uma grossa camada de grão de bico e outra de creme de beterraba.
4. Coloque metade do gbejna sobre cada torrada, cubra com rúcula, polvilhe com as sementes de gergelim e sirva com fatias de tomate.

Mais Conteúdo