Luiz Carlos Prates

Formado em psicologia, Luiz Carlos Prates nasceu em Santiago, no Rio Grande do Sul, e pratica o jornalismo há 58 anos. Homem de posicionamento, perspicácia e ponto de vista diferenciado, ele tece comentários provocativos, polêmicos e irreverentes, abordando os fatos do dia a dia e pautas voltadas a comportamento.

Gestos e sucesso

Atualizado

Duas de nossas mais importantes ações na vida não nos exigem nenhum tipo de habilitação. Do que falo? De fazer um filho e de casar.

Fazer um filho é mais fácil que atravessar a rua, dependendo do horário é-nos quase impossível atravessar a rua, mas para fazer um filho basta dar umas voltas por aí… E para casar é a mesma coisa.

Dois “estranhos” se juntam e… Tudo pode acontecer. Estranhos, sim, porque só o convívio, bom tempo de convívio, pode revelar o caráter, a verdadeira personalidade dos amantes, dos cônjuges, dos amigos. E se digo o que estou dizendo é porque acabo de ler “Cinco dicas para boa impressão numa entrevista de emprego”.

Segundo especialistas, o roteiro do “sucesso” numa entrevista é simples. O primeiro passo é – “Sorria de maneira autêntica”. Mas eu pergunto: como é sorrir de maneira autêntica? Mais das vezes, forçamos o sorriso, é um sorriso falso. Sorrir com autenticidade exige segurança pessoal, virtude de pouca gente.

O segundo passo, sugerido, para o sucesso numa entrevista de emprego é – “Firme seu aperto de mão”. Discutível. Faz tempo que li uma entrevista de um psicólogo alemão que dizia que, por pesquisas, se ficou sabendo que quem dá apertos de mão quase asfixiantes num encontro são pessoas fracas, inseguras, querem impressionar pelo aperto de mão. Apertar muito firmemente a mão alheia é traço de babaquice…

O terceiro conselho é – “Saiba exatamente que roupa vestir”. Bah, aqui a maioria é reprovada, mas nunca vai saber da razão. São jovens, mais das vezes, atirados, tatuados, com adereços indevidos e nem aí para a importância da “embalagem” humana, o que revela irresponsabilidade ou ignorância mesmo…

E a quinta dica é – “Mantenha-se firme”. O que é manter-se firme? Como se manter firme quando a pessoa não se garante, quando vê o entrevistador num trono, quando pensa que sua vida depende dos outros? Manter-se firme é atitude natural nas pessoas seguras, nas que não tremem diante do que desejam: um trabalho. De outro modo, impossível.

Mas eu tinha falando em casamentos, não é mesmo? Tudo o que foi dito sobre a entrevista de emprego deveria valer para as avaliações entre as pessoas antes de juntarem os panos. Poucos, depois disso, casariam. Difícil achar quem valha a pena tanto para um trabalho quanto para os casamentos. Credo!

DESCARO

Uma jovem apresentadora de um canal de vendas na tevê elogiava equipamentos de banho e economia de água. E contava que o namorado dela fica muito tempo no banho, que ele gasta muita água no banheiro, e dava detalhes de tudo. Como é que ela sabe dos ritos do “namorado” no banheiro? Desde quando “namoradas” entram no banheiro dos “fraldas-úmidas”? Que despudor é esse? Mas ela não está só…

 

FALTA DIZER

Sim, é bom não esquecer: felicidade não se compra nem se vende. Felicidade se adota. Faça isso com um cãozinho. Comprá-lo, nunca. Há maravilhosos cãezinhos de todas as idades esperando pela felicidade junto com você, e você sendo feliz com eles. Adotar é tudo. Ou você compraria um amor?

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo

Luiz Carlos Prates

Americanos pesquisam tudo. Já descobriram, por exemplo, que 94% das mulheres não se gostam quando se veem no […]

Luiz Carlos Prates

Nem toda repetição é ruim, afinal, a repetição é a mãe do aprendizado. A repetição do que é […]

Luiz Carlos Prates

Conheço muitas pessoas bonitas, lindas mesmo… Por fora. Abrem a boca e se revelam toscas, grosseiras, sem graça, […]

Luiz Carlos Prates

Faz pouco, estava sentado, os olhos voltados para o nada e os dedos da mão esquerda tamborilando no […]