Marcos Cardoso

A sociedade da Grande Florianópolis, os eventos culturais e as tradições da região analisadas pelo experiente jornalista Marcos Cardoso.

Notas: produtores de eventos / falta de higiene gritante / egoísmo no supermercado

⇒ Produtores culturais, de eventos e toda a cadeia de profissionais que atendem esta demanda serão duplamente penalizados com os cancelamentos impostos pelo combate ao coronavírus. Já surgiu até o slogan “Não Cancele, Remarque”, para adiar o evento e tentar salvar o serviço e o cliente. O problema é que não haverá datas disponíveis para todos em teatros, casas de shows e de festas quando a situação se normalizar. É preciso correr na frente ou usar a criatividade.

⇒ Em um quiosque de lanches na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), a funcionária passava o tempo sentada na mesa sem clientes com o celular em uma mão e na outra um canudo que fazia a vez de palito de dentes. Diante da dificuldade de remover o que lhe incomodava, enfiou o dedo lááá no fundo da boca e foi com a unha mesmo. Não contente, ainda deu uma roidazinha. Tudo sem tirar os olhos do telefone. Quem vê a cena vai ter coragem de consumir ali, ainda mais nestes tempos de atenção total com a higiene?

⇒ A mulher na fila do caixa do supermercado cheio olhava para os lados, para trás, para frente, para a funcionária. Impossível não perceber a inquietação. Fez uma cara de “não quero saber” e, murmurando qualquer coisa, passou por todos até o fim do balcão. Apanhou uma pilha de sacolas plásticas e voltou para o seu carrinho abarrotado, ladeado por mais duas cestinhas. Um a um, foi abrindo e empilhando os saquinhos para embalar as compras que ainda seriam computadas. O medo de ficar sem deu mais esta demonstração de egoísmo. A que ponto estamos chegando… Ainda vem mais por aí.

Mais Conteúdo