Mercado

Blog com notícias e informações do mercado financeiro, econômico.

Desemprego apresenta queda, mostra pesquisa do IBGE

Atualizado

A taxa de desemprego no Brasil caiu para 12,5% no trimestre encerrado em abril, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O recuo ainda é leve, mas indica uma tendência, que pode se confirmar nos próximos meses com a conclusão da reforma da previdência. Os dados foram divulgados na sexta-feira (31). Segundo a Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua) o país registrou a criação de 480 mil vagas com carteira assinada no trimestre encerrado em abril, em relação ao mesmo período do ano anterior. Segundo Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, houve aumento no número de vagas formais na indústria, no setor financeiro e na administração, educação e saúde. Em relação ao trimestre anterior, encerrado em janeiro de 2019, houve geração de 270 mil vagas com carteira assinada.

O coordenador do IBGE pondera, entretanto, que a população ocupada com carteira assinada no setor privado ainda está 3,4 milhões de pessoas aquém do pico registrado no trimestre terminado em julho de 2014. Apesar disso, o total de ocupados cresceu 2,1% no período de um ano, o equivalente à criação de 1,937 milhão de postos de trabalho. Como consequência, a taxa de desemprego passou de 12,9% no trimestre até abril de 2018 para 12,5% no trimestre encerrado em abril de 2019.

Mais conteúdo sobre

Mais conteúdo