Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.

A fusão de municípios e as barreiras no Congresso

Atualizado

Em junho deste ano começou a tramitar no Congresso um projeto colocando em pauta a criação de novos municípios. E essa permissão é defendida por um grupo considerável dos chamados emancipalistas? O projeto devolve aos estados, com exigências e critérios, a prerrogativa de criação de novas cidades.

Rodrigo Maia: proposta “não deve avançar”, mas é importante  – Foto: Anderson Coelho/ND

Ou seja, aperfeiçoaram o que já estão fazendo deste a Constituição de 1988 interessadíssimos na emancipação de municípios que podem servir de base eleitoral. É esse o foco principal. Danem-se os custos. Mas e agora?

O governo Bolsonaro desembarcou no Senado uma série de medidas, entre elas a de fundir municípios que tenham baixa sustentabilidade. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, demonstrou que em ano eleitoral essa proposta não deve avançar, mas considerou além de polêmica, importante.

Vereador e prefeito são cabos eleitorais de deputados. Passará essa proposta na Câmara? Difícil, mas fundamental. O Brasil está sendo passado a limpo. A criação de municípios sem fôlego financeiro possui uma só finalidade, eleitoral.

Claro que existem cidades com capacidade de sobrevivência, mas no limite. Enquanto isso a Vida Segue!!!

Mais Conteúdo