Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.

CMPF já fazendo estragos

Atualizado

Pois é, Marcos Cintra Secretario da Receita Federal , defensor do imposto, já é ex, caiu. Foi na frente anunciando as intenções do governo na reedição da CPMF, só que desta vez ela chega mais voraz atuando para pagamentos no débito e no crédito. A alíquota inicial será de 0,4% atingindo saques e depósitos. Os defensores argumentam que substituirá a tributação sobre a folha e o IOf. Pois então, o ministro Paulo Guedes garante que está sendo preparado um novo regime tributário corrigindo distorções , simplificando normas e aliviando a carga tributária. O presidente da Câmara , Rodrigo Maia, vem declarando que aliviar a carga tributária só ocorrerá se reduzir consideravelmente a máquina paquidérmica do governo. Prevalece o espírito perdulário. E quem paga essa indigesta conta somos nos, via impostos. Da vez passada disseram que a CPMF viria para resolver os problemas na saude. Resolveu nada. Agora se reeditada terá que ter uma compensação para o brasileiro, palavras do presidente Bolsonaro. Da para acreditar? O certo é que estão ofertando mais um imposto a todos nos …

Mais Conteúdo