Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.

Foi adiado o julgamento no TCE sobre a verba de equivalência dos procuradores do Estado

Uma solicitação encaminhada pelo Procurador adjunto Sérgio Laguna Pereira, foi acatada pelos conselheiros. A PGE encaminhou novas questionamentos para análise do grupo técnico do Tribunal, que já havia se manifestado pela ilegalidade do pagamento, que vem onerando o Estado em R$ 800 mil por mês. Não deixa de ser o segundo pedido de postergação encaminhado pela PGE num tema que pode ressuscitar o pedido de impeachment que foi suspenso pelo presidente da Assembleia, Júlio Garcia. Um Mandado de Segurança contestou essa medida monocrática defendendo que deveria ser decidida em plenário.

Mais Conteúdo