Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.

Lealdade ao governador não vem do PSL

Atualizado

Na verdade no PSL há parlamentares que reconhecem o trabalho do governador Moisés e evidenciam sua administração, no caso os deputados coronel Mocellin e Ricardo Alba. Mas a lealdade está sendo expressada muito mais por deputados de outras siglas.  Durante solenidade em Forquilhinha, no Sul do Estado onde o Governador liberou R$ 8 milhões para a pavimentação que liga Forquilhinha a Maracajá e a BR-101, o deputado Rodrigo Minotto, que é do PDT rasgou elogios a Carlos Moisés , dizendo que faz um trabalho exemplar com uma postura correta, honesta e sempre querendo fazer o certo por Santa Catarina. Destacou inclusive que em 11 meses foram pagos R$ 65 milhões de convênios deixados por governos anteriores, e a dívida da saúde, herdada em mais de R$ 750 milhões, será zerada. E deixou claro que o governador não diferencia partido.

Minotto se autoproclamou parceiro e amigo e incluiu os deputados Volnei Weber e Luiz Fernando Vampiro do MDB e José Milton Scheffer o PP como parlamentares que sempre terão “lealdade , gratidão e reconhecimento” ao governo. Ou seja, encontraram um espaço que foi aberto pelos integrantes PSL, hoje a caminho do novo partido do presidente conquistando benefícios para o mandato

Mais Conteúdo