Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.

O lado podre do Judiciário

Atualizado

Você já imaginou receber um salário de R$ 206 mil. Ou de repente por conta de férias acumuladas ganhar no final do mês R$ 1.2 milhão. Que maravilha. Esse salário milionário foi pago a uma juíza de Recife. Esses valores de duzentos mil chegam na conta de 53 desembargadores de Pernambuco. Cifras impressionantes e absurdas. E eles tem como se defender, dizem que os pagamentos estão previsto em lei. Definitivamente o Brasil está torto. E não me surpreende se esses rendimentos milionários estejam respaldados em lei. De repente o Legislativo, que treme diante do Judiciário, e só treme quem deve alguma coisa, acaba aprovando alguns projetos que respaldam essa vergonha, esse deboche com o povo que paga essa conta fazendo economia e abrindo mão de viver, pois aqui a imensa maioria trabalha para pagar conta. Aqui não se vive, se sobrevive enquanto que uma parcela mínima suga valores desproporcionais a realidade. Revolta. Teve desembargador lá em Pernambuco que embolsou mais de R$ 500 mil, agora em novembro. Dias atrás a policia atropelou o judiciário da Bahia com desembargadores vendendo sentenças…a podridão se espalhou..

Mais Conteúdo