Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.

Quem é o deputado ? Todos passam a ser suspeitos …

Pois é , o deputado Ivan Naatz, relator da CPI, declarou que um parlamentar fez pressão para a compra dos respiradores. Pelo menos essa revelação surgiu nos depoimentos dos ex-secretários Douglas Borba e Helton Zeferino à força-tarefa que investiga esse negócio desastrado e carregado de suspeitas dos equipamentos que só tiveram custos e nenhuma utilidade até aqui. E custos altíssimos R$ 33 milhões. Naatz quer acesso a todos os testemunhos. Ou o deputado apenas demonstrou a importância da compra de respiradores, sem conhecimento da negociação, ou participou diretamente. De repente os envolvidos estão dividindo culpas. Por isso, todo o cuidado para não desviar do foco dessa compra que só trouxe prejuízos para o Estado. Essa revelação colocou todos os deputados em suspeição.

Ambos prestaram depoimentos à força-tarefa montada para investigar possíveis irregularidades na aquisição de 200 respiradores pela quantia de R$ 33 milhões. Naatz, em entrevista ao nd+, revelou que “um deputado da Alesc fez pressão” para que a compra fosse efetuada.

Mais Conteúdo