Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.

Retorno de desembargador causa constrangimento

Atualizado

Causou um mal-estar no Tribunal de Justiça a informação de que o CNJ decidiu pela reintegração do desembargador aposentado Eduardo Mattos Gallo Junior por falta de decoro e comportamento antiético. Ele está voltando ao Tribunal depois de ter sido aposentado compulsoriamente em 2018, por decisão do Orgão Especial da Corte. Uma das razões foi ter publicado em redes sociais uma imagem sua seminu mostrando agressões domésticas e tentando se justificar. O Conselho Nacional de Justiça , ou seja, a decisão de um conselheiro , foi de que reunidas quatro acusações distintas prejudicaram o direito ao contraditório e ampla defesa. Ou seja, eram quatro acusações contra o desembargador que está voltando via CNJ. Há algumas dúvidas sobre essa decisão, inclusive se é possível recorrer, pois além da situação criada, Gallo ao ser reintegrado aguardaria uma vaga ou assumiria sua vaga, hoje ocupada pela desembargadora Haidee Grin? Pois é, uma decisão, embora sustentada pelo direito de defesa, mas que transita pelo constrangimento e descrédito da Justiça.

Mais Conteúdo

Paulo Alceu

Pois é , a reunião de hoje com representantes da Aprasc , para dar continuidade às negociações salariais […]

Paulo Alceu

O deputado Ivan Naatz reagiu a indicação da deputada Paulinha do PDT como líder do governo Moisés. Ele […]