Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.

Retrocesso à vista alimentando a impunidade

Atualizado

Estamos diante esta semana da possibilidade real da consagração da impunidade, caso se confirme a decisão do STF sobre prisão ou não em segunda instância. Permitindo aos corruptos e criminosos comuns de plantão, que enfrentam as grades, a famosa presunção de inocência, aguardando até transito em julgado sua condenação definitiva. Tem um dado fundamental, a presunção de inocência se encerra com o julgamento em segunda instância. As instâncias seguintes apenas analisam questões de direito. Por exemplo, Lula por mais que pose de preso político, carregado de injustiça, não vale nada no universo jurídico…tanto que o discurso é puramente político. Resumindo tudo isso, os criminosos de todas as escala, inclusive, os de sigla partidária, sabem muito bem, conhecedores da morosidade da justiça, que trânsito em julgado aqui no nosso Brasil é sinônimo de impunidade. Livres embora condenados, como se as primeira e segunda instâncias não tivessem nenhum valor…

Mais Conteúdo