Paulo Alceu

Análises qualificadas e comentários assertivos acerca dos assuntos mais relevantes para os catarinenses.

Uma nova realidade atinge os bancários

Atualizado

Existem algumas profissões que tendem a ceder para a tecnologia. Eu vou me deter em bancos, que representam lucros consideráveis. Nos últimos doze meses os cinco maiores bancos do pais fecharam as portas de 611 agências. Isso significa a demissão de cinco mil e quinhentos funcionários. E a tendência é manter esse ritmo. Certamente mais agencias serão fechadas e ocorrerão mais demissões. Apesar de controlarem 82% dos ativos totais e com todo o lucro que produzem a redução da estrutura administrativa e de gastos está na linha de prioridades. O Banco do Brasil é o que mais enxugou e demitiu. E há dados que projetam o fechamento até o final do ano que vem de 1.200 mil agencias, desta vez atingindo os maiores bancos privados. E esse fenômeno não se localiza apenas por aqui, é mundial. E o motivo está no celular. Para se ter uma ideia no ano passado seis em cada dez transações bancárias foram realizadas pelo celular ou computador. E estão aumentando.

Mais Conteúdo