Poder

Os fatos e as análises da política catarinense, com informações de bastidores e as consequências detalhadas das decisões dos poderes de Santa Catarina.

Com aumento de receita em Santa Catarina, deputados querem mais obras e subsídios fiscais

PACOTE DE OBRAS

O aumento da receita do Tesouro catarinense, que de janeiro a setembro registrou alta nominal acumulada de 13,2%, levou deputados estaduais a defenderem um pacote de obras rodoviárias e a volta de subsídios fiscais na sessão de ontem na Alesc. “Serão 2,4 bilhões a mais nos cofres do Tesouro, está acima do previsto na Lei Orçamentária Anual e do esforço fiscal de 7,42% fixado no Orçamento. Este aumento de receita poderia ser carreado para que pudéssemos melhorar nossa infraestrutura”, sugeriu Valdir Cobalchini (MDB), que indicou a urgência na revitalização da SC-135, que liga Matos Costa a Porto União.

Nilso Berlanda (PL) concordou com o colega e acrescentou a recuperação da rodovia que liga Caçador, Lebon Régis e Curitibanos. Já o deputado Milton Hobus (PSD) indicou a revisão dos cortes de incentivos e listou problemas para os produtores de vinho, erva-mate, leite e farinha misturada. Segundo o ex-prefeito de Rio do Sul, o Legislativo aguarda o envio pelo governo de um projeto de lei para sanar os problemas. “Não recebemos ainda o projeto de lei do rescaldo, já se passaram três meses e não se resolveu isso”, insistiu Hobus.

Retorno dos radares

No plenário, o deputado Maurício Eskudlark (PL) ponderou o retorno dos radares nas rodovias federais, já que houve aumento do número de acidentes e de vítimas. “Ficamos contentes com a desativação dos radares, uma determinação do presidente Jair Bolsonaro, mas aquilo que esperávamos que fosse positivo, temos visto que tem aumentando o número de acidentes e vítimas”, declarou Eskudlark, referindo-se à BR-282.

Verba para desastres ambientais

Em audiência realizada ontem com o setor petrolífero na Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, o senador Esperidião Amin (PP) defendeu que parte do dinheiro arrecadado com leilões do petróleo seja destinada a combater desastres ambientais, como o vazamento de petróleo visto na costa brasileira. Amin apresentará um projeto nesse sentido.

 

Agenda pelo Oeste

O governador Carlos Moisés (PSL) estará em cidades do Meio-Oeste e Oeste nesta semana para anunciar investimentos em diversas áreas. O primeiro compromisso será em Caçador, amanhã, para anunciar melhorias no aeroporto da cidade. Entre quinta e sexta, ele visita Concórdia, Luzerna, Joaçaba e Ouro. Em Concórdia, Carlos Moisés irá liberar recursos para o IML do município. Em Luzerna, ocorrerá assinatura de investimento pelo programa Novos Rumos. Na manhã de sexta-feira, o primeiro compromisso é em Joaçaba. Na ocasião, ocorrerá o lançamento do edital para investimentos no aeroporto Santa Terezinha.

Conciliação e mediação

A OAB/SC realiza hoje e amanhã o 1º Congresso Nacional de Mediação em Florianópolis, que irá reunir palestrantes de renome de todo o país. Na programação, debates em torno da importância da atuação da advocacia nos métodos consensuais de conflitos, como conciliação e mediação, o que pode ser um importante instrumento para desafogar o Judiciário e acelerar a solução de problemas para os cidadãos.

—————————————————————-

Quem vem

Se nada se interpor até lá, já que todo dia tem algum barraco no clã, o deputado federal Eduardo Bolsonaro estará em SC dia 8 de novembro, tendo como cicerone o também deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC). Muito afinado com o número 03, Daniel prepara, com a ala bolsonarista catarinense, uma recepção de primeira.  O programa está sendo montado cuidadosamente.

Raul Sartori, www.raulsartori.com.br

Lima é o líder

Ontem o deputado estadual, Sargento Lima, foi oficializado como o novo líder do PSL na Assembleia Legislativa. O deputado Ricardo Alba não gostou nada e reclamou dos demais integrantes da bancada, os quais, segundo ele, não buscaram o diálogo. Por outro lado, já havia um sentimento de reprovação a Alba, já que segundo parlamentares pesselistas, a verba de R$ 58 mil que a bancada tem à disposição no parlamento para se estruturar, foi administrada somente por Alba que escolheu os assessores sem abrir espaço para indicações dos demais.

Marcelo Lula, www.scempauta.com.br

Pré-candidato

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, do PSDB, assumiu sua condição de pré-candidato à reeleição com o PSD indicando o vice. A provável chapa deve repetir o atual vice-prefeito Ricardo Fabris. Pelo menos é essa a tendência que soa como acordo já firmado entre líderes tucanos e do PSD. Com isso, já há pelo menos uma tendência de chapa para o pleito eleitoral de 2020 no município. O confuso cenário ainda não apontou adversário para Salvaro.

Karina Manarin,  www.karinamanarin.com.br

Ôh, Saúde!

Senadores podem derrubar Portaria do Ministério da Saúde que limita o acesso de mulheres entre 40 e 49 anos aos exames de mamografia para detecção precoce de câncer de mama no SUS. A portaria só permite que mulheres de 50 a 69 anos façam o exame na rede pública. Um projeto do senador Lasier Martins (Pode-RS) já passou pela CCJ e Comissão de Assuntos Econômicos, e vai a plenário.

Leandro Mazzini, www.ndmais.com.br

Mais conteúdo sobre

Mais Conteúdo

Conteúdo não encontrado

Esta editoria ainda não tem conteúdo cadastrado!