Rodrigo Santos

Acordos de televisionamento a partir de 2019 garantem um bom dinheiro imediato aos clubes, mesmo sem a garantia que estarão na Série A daqui a três anos