Rota de Férias

Blog prático para viajantes! Roteiros de viagens e dicas de passeios no Brasil e no mundo, de acordo com o número de dias de estadia e com indicação de especialistas em turismo.

5 carnavais fora da curva espalhados pelo mundo

O carnaval brasileiro, com suas escolas de samba, bailes de salão e bloquinhos de rua, é um dos mais famosos e consagrados do mundo. Mas a festa que antecede a Quaresma acontece em diversas cidades do globo, representando diferentes tradições. Na lista abaixo, confira algumas opções de celebrações que usam máscaras para se esconder do diabo e até um desfile de zumbis caracterizados para personagem de seriado nenhum botar defeito.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

5 carnavais espalhados pelo mundo

Pancake Day – Londres

Celebrado sempre na terça-feira de carnaval, o Dia da Panqueca – em tradução literal –  envolve uma série de atividades na Terra da Rainha. Para fechar o carnaval, período que a igreja criou no calendário para seus fieis comerem e beberem à vontade antes de entrar nos 40 dias de hábitos mais comedidos em preparação para a Páscoa, os ingleses usam e abusam dos leites, ovos e farinha, transformando Londres na capital da panqueca no mundo. Eles fazem montanhas de panquecas em casa, no restaurante e até participam de corridas beneficentes virando suas panquecas no ar com uma frigideira nas mãos.

Zombie Walk – Curitiba, PR

Marcada para 23 de fevereiro, a Zombie Walk é uma tradição curitibana que invoca litros e mais litros de sangue falso, muitos quilos de tecidos meticulosamente transformados em trapos e fantasias, além de algum espanto para quem vê. Na agenda do Carnaval da cidade há 10 anos, a marcha dos cidadãos caracterizados como zumbis se concentra na Praça Osório, segue pela rua XV de Novembro até o Paço da Liberdade e faz o mesmo caminho na volta, para terminar na Praça Santos Andrade.

Bonn, Alemanha

Às 11h11 do dia 11 de novembro de cada ano é declarado o início do Carnaval na Alemanha. Porém, a festa fica forte mesmo em fevereiro. Várias cidades do país fazem desfiles em carros alegóricos pelas ruas, enquanto as pessoas acompanham muito fantasiadas e cercadas por neve. Em Bonn, que recebe uma das festas mais tradicionais, a lenda diz que o diabo está à solta e, por isso, todos devem usar máscaras para espantá-lo.

LEIA MAIS: 52 LUGARES ESSENCIAIS PARA CONHECER EM 2020
60 MARAVILHAS DO MUNDO PARA CONHECER ANTES DE MORRER

Veneza, Itália

Se no século 11 Veneza vivia o Carnaval por até seis meses, no século 19 ele quase foi extinto. Também fundamentado nos prazeres da carne, as máscaras e os figurinos usados pelos participantes tentam reproduzir o estilo dos nobres que viveram nos séculos 17 e 18. Foram os atos ilícitos protegidos pelo anonimato oferecido pelas fantasias que quase acabaram com a celebração. Entretanto, festa vem retomando forças desde os anos 1980 e dura quase 10 dias.

Nova Orleans, EUA

O Mardi Gras, Terça-feira Gorda em francês, toma as ruas da culturalmente pulsante Nova Orleans, no Sul dos EUA. Por lá, a festança tem até cores oficiais: roxo, verde e dourado, representando, respectivamente, justiça, fé e poder. Ao longo dos desfiles, que acontecem por toda a cidade, são jogados para o público colares coloridos, e a brincadeira é acumular o maior número deles.

Festas culturais

Na galeria, confira algumas outras celebrações que acontecem no mundo.

As maiores festas culturais do mundo – Veja as principais festas culturais pelo mundo – Na última quarta-feira de agosto, as ruas de Buñol, na província de Valência, na Espanha, ficam completamente vermelhas. É nesse dia que os espanhóis comemoram a Tomatina, “guerra pacifica” com tomates. No meio de todo o caos, pessoas tentam escalar um pau de sebo para agarrar um presunto - Foto: aaroncorey on Visual hunt / CC BY-NC-ND - Foto: aaroncorey on Visual hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

As maiores festas culturais do mundo – Veja as principais festas culturais pelo mundo – Na última quarta-feira de agosto, as ruas de Buñol, na província de Valência, na Espanha, ficam completamente vermelhas. É nesse dia que os espanhóis comemoram a Tomatina, “guerra pacifica” com tomates. No meio de todo o caos, pessoas tentam escalar um pau de sebo para agarrar um presunto - Foto: aaroncorey on Visual hunt / CC BY-NC-ND - Foto: aaroncorey on Visual hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Tomatina - RenoTahoe on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND - RenoTahoe on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Tomatina - RenoTahoe on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND - RenoTahoe on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Tomatina - RenoTahoe on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND - RenoTahoe on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Tomatina - RenoTahoe on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND - RenoTahoe on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Todos os anos, o Mardi Gras atrai cerca de 4 milhões de pessoas a Nova Orleans, nos Estados Unidos. A festa, que começa no Dia de Reis (6 de janeiro) e termina na terça-feira gorda (dia que antecede a quarta-feira de cinzas) reúne confrarias que desfilam pelas ruas e distribuem prendas ao público. Os colares são os mais famosos e divertem a galera - Foto: °]° on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND - Foto: °]° on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Todos os anos, o Mardi Gras atrai cerca de 4 milhões de pessoas a Nova Orleans, nos Estados Unidos. A festa, que começa no Dia de Reis (6 de janeiro) e termina na terça-feira gorda (dia que antecede a quarta-feira de cinzas) reúne confrarias que desfilam pelas ruas e distribuem prendas ao público. Os colares são os mais famosos e divertem a galera - Foto: °]° on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND - Foto: °]° on Visualhunt.com / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Mardi Gras - The Library of Congress on Visual Hunt / No known copyright restrictions - The Library of Congress on Visual Hunt / No known copyright restrictions/Rota de Férias/ND

Mardi Gras - The Library of Congress on Visual Hunt / No known copyright restrictions - The Library of Congress on Visual Hunt / No known copyright restrictions/Rota de Férias/ND

Mardi Gras - praline3001 on Visualhunt / CC BY-NC-ND - praline3001 on Visualhunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Mardi Gras - praline3001 on Visualhunt / CC BY-NC-ND - praline3001 on Visualhunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Conheça as maiores festas culturais do mundo - - /Rota de Férias/ND

Conheça as maiores festas culturais do mundo - - /Rota de Férias/ND

Holi - Rajesh_India on Visual hunt / CC BY-NC-ND - Rajesh_India on Visual hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Holi - Rajesh_India on Visual hunt / CC BY-NC-ND - Rajesh_India on Visual hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Holi - Steven Gerner on Visualhunt.com / CC BY-SA - Steven Gerner on Visualhunt.com / CC BY-SA/Rota de Férias/ND

Holi - Steven Gerner on Visualhunt.com / CC BY-SA - Steven Gerner on Visualhunt.com / CC BY-SA/Rota de Férias/ND

O Crop Over é o maior festival de Barbados e agita o país entre julho e agosto. A festa, que comemora o fim da colheita de cana-de-açúcar há mais de 200 anos, lembra bastante o Carnaval brasileiro e é ótima para conhecer a cultura local por meio de shows, opções gastronômicas e artesanato. A cantora Rihanna é uma das grandes fãs do Crop Over - Foto: Hugh Fiske on VisualHunt / CC BY-NC-ND - Foto: Hugh Fiske on VisualHunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

O Crop Over é o maior festival de Barbados e agita o país entre julho e agosto. A festa, que comemora o fim da colheita de cana-de-açúcar há mais de 200 anos, lembra bastante o Carnaval brasileiro e é ótima para conhecer a cultura local por meio de shows, opções gastronômicas e artesanato. A cantora Rihanna é uma das grandes fãs do Crop Over - Foto: Hugh Fiske on VisualHunt / CC BY-NC-ND - Foto: Hugh Fiske on VisualHunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Crop Over - Hugh Fiske on Visual Hunt / CC BY-NC-ND - Hugh Fiske on Visual Hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Crop Over - Hugh Fiske on Visual Hunt / CC BY-NC-ND - Hugh Fiske on Visual Hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Comemorado em 17 de março, o St. Patrick’s Day é uma homenagem a St. Patrick (387-461), um missionário e bispo cristão que se tornou um dos santos padroeiros da Irlanda. Em Dublin, capital da do país, a celebração bomba. As ruas são tomadas por multidões verdes, sendo que muitos aproveitam para vestir chapéus e barbas falsas ruivas - Foto: Giuseppe Milo (www.pixael.com) on Visual Hunt / CC BY - Foto: Giuseppe Milo (www.pixael.com) on Visual Hunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Comemorado em 17 de março, o St. Patrick’s Day é uma homenagem a St. Patrick (387-461), um missionário e bispo cristão que se tornou um dos santos padroeiros da Irlanda. Em Dublin, capital da do país, a celebração bomba. As ruas são tomadas por multidões verdes, sendo que muitos aproveitam para vestir chapéus e barbas falsas ruivas - Foto: Giuseppe Milo (www.pixael.com) on Visual Hunt / CC BY - Foto: Giuseppe Milo (www.pixael.com) on Visual Hunt / CC BY/Rota de Férias/ND

St. Patrick's Day - Joe Shlabotnik on Visualhunt.com / CC BY-NC-SA - Joe Shlabotnik on Visualhunt.com / CC BY-NC-SA/Rota de Férias/ND

St. Patrick's Day - Joe Shlabotnik on Visualhunt.com / CC BY-NC-SA - Joe Shlabotnik on Visualhunt.com / CC BY-NC-SA/Rota de Férias/ND

St. Patrick's Day - Godo-Godaj on VisualHunt / CC BY - Godo-Godaj on VisualHunt / CC BY/Rota de Férias/ND

St. Patrick's Day - Godo-Godaj on VisualHunt / CC BY - Godo-Godaj on VisualHunt / CC BY/Rota de Férias/ND

O Gion Matsuri é um dos festivais mais tradicionais do Japão. Ele acontece em Quioto e surgiu como uma forma de purificação para acalmar os deuses, com o objetivo de evitar desastres como enchentes e terremotos. A festa se estende ao longo de todo o mês de julho e reúne muitas pessoas com trajes típicos, além de jogos de rua e muita comida - Foto: Patrick Vierthaler on VisualHunt.com / CC BY-NC - Foto: Patrick Vierthaler on VisualHunt.com / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

O Gion Matsuri é um dos festivais mais tradicionais do Japão. Ele acontece em Quioto e surgiu como uma forma de purificação para acalmar os deuses, com o objetivo de evitar desastres como enchentes e terremotos. A festa se estende ao longo de todo o mês de julho e reúne muitas pessoas com trajes típicos, além de jogos de rua e muita comida - Foto: Patrick Vierthaler on VisualHunt.com / CC BY-NC - Foto: Patrick Vierthaler on VisualHunt.com / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

Gian Matsuri - Emmanuel Bonnetot on VisualHunt / CC BY-NC-SA - Emmanuel Bonnetot on VisualHunt / CC BY-NC-SA/Rota de Férias/ND

Gian Matsuri - Emmanuel Bonnetot on VisualHunt / CC BY-NC-SA - Emmanuel Bonnetot on VisualHunt / CC BY-NC-SA/Rota de Férias/ND

Gian Matsuri - shin7d on Visual hunt / CC BY-NC-ND - shin7d on Visual hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

Gian Matsuri - shin7d on Visual hunt / CC BY-NC-ND - shin7d on Visual hunt / CC BY-NC-ND/Rota de Férias/ND

As festas de lua cheia, conhecidas como Full Moon Parties, agradam os baladeiros que visitam a ilha de Koh Phangan, na Tailândia. Compostas por mochileiros de várias partes do mundo, as celebrações são regadas a muita música eletrônica e bebidas alcoólicas, que são vendidas em baldinhos - Foto: Roberto.Trombetta on Visualhunt / CC BY-NC - Foto: Roberto.Trombetta on Visualhunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

As festas de lua cheia, conhecidas como Full Moon Parties, agradam os baladeiros que visitam a ilha de Koh Phangan, na Tailândia. Compostas por mochileiros de várias partes do mundo, as celebrações são regadas a muita música eletrônica e bebidas alcoólicas, que são vendidas em baldinhos - Foto: Roberto.Trombetta on Visualhunt / CC BY-NC - Foto: Roberto.Trombetta on Visualhunt / CC BY-NC/Rota de Férias/ND

No mês de março, a partir de 15, a cidade de Valência, na Espanha, recebe o festival de Las Fallas. As fallas são grandes esculturas de madeira, papelão e outros materiais, que são espalhadas por toda a cidade. Normalmente, elas retratam diferentes assuntos de forma satírica. Em 19 de março, dia de São José, todas as imagens são queimadas - Foto: keith ellwood on Visualhunt.com / CC BY - Foto: keith ellwood on Visualhunt.com / CC BY/Rota de Férias/ND

No mês de março, a partir de 15, a cidade de Valência, na Espanha, recebe o festival de Las Fallas. As fallas são grandes esculturas de madeira, papelão e outros materiais, que são espalhadas por toda a cidade. Normalmente, elas retratam diferentes assuntos de forma satírica. Em 19 de março, dia de São José, todas as imagens são queimadas - Foto: keith ellwood on Visualhunt.com / CC BY - Foto: keith ellwood on Visualhunt.com / CC BY/Rota de Férias/ND

Las Fallas - keith ellwood on VisualHunt.com / CC BY - keith ellwood on VisualHunt.com / CC BY/Rota de Férias/ND

Las Fallas - keith ellwood on VisualHunt.com / CC BY - keith ellwood on VisualHunt.com / CC BY/Rota de Férias/ND

Las Fallas - keith ellwood on Visualhunt / CC BY - keith ellwood on Visualhunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Las Fallas - keith ellwood on Visualhunt / CC BY - keith ellwood on Visualhunt / CC BY/Rota de Férias/ND

Mais Conteúdo