Rota de Férias

Blog prático para viajantes! Roteiros de viagens e dicas de passeios no Brasil e no mundo, de acordo com o número de dias de estadia e com indicação de especialistas em turismo.

O que fazer em 10 dias em Orlando com adolescentes

Uma das principais dicas ao viajar para Orlando com adolescentes é: deixe que eles montem o roteiro. Essa é a melhor forma de não aborrecê-los.

Os principais parques contam hoje com apps repletos de detalhes, em que é possível planejar a viagem, reservar filas mais rápidas e tudo mais. Eles vão adorar. De quebra, passarão pelos lugares mais descolados para compras e ainda descobrirão uma série de experiências que você nem sonhava.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

10 dias em Orlando com adolescentes

1º dia – Hotel e compras

Ficar nos hotéis dos parques é sempre uma boa pelas vantagens oferecidas,  mas você também pode optar por alguma hospedagem nas imediações da International Drive, a avenida mais turística de Orlando. Ali você estará perto dos parques da Universal e do SeaWorld, bem como de shoppings, restaurantes e do Icon Orlando 360, complexo que conta com roda-gigante, aquário e o museu de cera Madame Tussauds.

LEIA MAIS: BUSCH GARDENS TERÁ MONTANHA-RUSSA HÍBRIDA MAIS RÁPIDA DO MUNDO
ICON PARK É ÓTIMA OPÇÃO DE PASSEIO EM ORLANDO

Aproveite também o primeiro dia para fazer compras de tênis, camisetas, eletrônicos e outros itens que a moçada vai querer usar durante a viagem. Você pode ir aos outlets da rede Premium, à loja Best Buy e ao The Mall at Millenia., o shopping mais luxuoso da cidade, onde também fica o bom restaurante The Chocolate Factory.

2º dia – Universal Studios

Se a Disney World tem atrações mais infantis, a Universal Orlando acerta em cheio com os adolescentes. Simuladores de Velozes e Furiosos, Harry Potter e Transformers, montanha-russa roqueira, passeios virtuais por Nova York com Jimmy Fallon e um tour em Springfield, dos Simpsons, fazem a cabeça da moçada.

Quem aguentar ainda pode assistir ao show Universal’s Cinematic Spectacular, que encerra o dia no parque com luzes e projeções de imagens em fontes.

3º dia – Islands of Adventure e CityWalk

Com o pique lá em cima, é hora de conhecer o segundo parque da Universal. Aqui tem altas atrações dedicadas a personagens famosos, como Homem-Aranha, Harry Potter e King Kong. Uma das mais desejadas é a montanha-russa do Hulk.

De noite ainda dá para passear no CityWalk, onde há algumas baladas e a maior filial do Hard Rock Cafe do mundo, inclusive com um ambiente feito com tijolos originais do Cavern Club, bar onde os Beatles começaram a carreira em Liverpool.

4º dia – SeaWorld

Se antigamente o SeaWorld era mais voltado para as crianças graças aos shows com animais, a mudança de perfil do parque, agora mais voltado a atrações radicais e tecnológicas, o tornou atraente como nunca para os adolescentes. É lá que está, por exemplo, a Mako, montanha-russa mais rápida, alta e longa da Flórida.

E ainda tem a Kraken, repleta de llopings, e a divertida Manta, na qual todos “voam” com o peito para baixo. Nos meses mais quentes, vale a pena também curtir o “splash” da Infinity Falls.

5º dia – Busch Gardens

Pensou em montanha-russa na Flórida, pensou no Busch Gardens. Aqui não faltam montanhas-russas, como a moderna Tigris, a enorme Sheikra e a veloz Cheetah Hunt. O parque também conta com atrações mais calmas, como barquinhos que molham e safáris com animais.

Vale a pena passar todo o dia por lá, mesmo porque o centro de lazer fica em Tampa, a pouco mais de uma hora de carro de Orlando.

6º dia – Kennedy Space Center e NBA

Caso esteja com um carro alugado, considere dirigir cerca de 45 minutos até Cabo Canaveral, na costa leste da Flórida. Ali fica o Kennedy Space Center, complexo de visitantes da Nasa, com cinemas 3D e exposição de foguetes e ônibus espaciais.

Volte cedo para descansar um pouco e, à noite, passear na International Drive. Caso a temporada d NBA (basquete profissional dos EUA) esteja rolando – vai de outubro a março –, pode ser uma boa assistir a uma partida do Orlando Magic no Amway Center, uma arena moderníssima que fica na Downtown Orlando.

7º dia – Hollywood Studios

De volta aos parques, é hora de explorar o melhor da Disney World para os adolescentes. O Hollywood Studios é o palco de Galaxy’s Edge, área dedicada à saga Star Wars que mais parece um parque dentro de outro, tamanha a quantidade de atrações disponíveis.

Quem vai para Orlando com adolescentes e visita o Hollywood Studios também pode curtir um elevador que despenca e a ótima montanha-russa no escuro da banda de rock Aerosmith. De noite, um show de fogos e projeções de imagens de Star Wars encerra o dia no centro de lazer.

8º dia – Animal Kingdom

Por muitos anos o Animal Kingdom atraiu mais as crianças, mas a inauguração da área Pandora, de Avatar, e a possibilidade de fazer safáris e curtir shows durante a noite o tornou atraente também aos adolescentes.

É lá que fica Flight of Passage, a atração mais desejada de Orlando atualmente. Trata-se de um simulador realmente emocionante. Aproveite o dia no parque para curtir ainda a montanha-russa Expedition Everest.

9º dia – Magic Kingdom ou Epcot

Ok, o Magic Kingdom é o parque mais infantil de Orlando, mas se você nunca foi para lá, como faz para voltar para casa sem conhecer o Castelo da Cinderela? As atrações mais radicais, embora antigas, são a famosa montanha-russa no escuro Space Mountain e o barquinho que despenca na Splash Mountain.

Dá até para intercalar o dia no centro de lazer com uma esticada de monorail até o Epcot, com áreas dedicadas a diversos países e os simuladores de voo e corrida Soarin e Test Track, respectivamente.

10º dia – Disney Springs e mais compras

Pode ter certeza que a galera ainda estará sedenta por compras antes de voltar para o Brasil. Uma vez com adolescentes em Orlando, você pode voltar a algum shopping ou então dar um pulo da Disney Springs, que tem uma série de marcas famosas e itens temáticos, relacionados a quadrinhos, futebol ou Star Wars.

Ali também tem restaurantes transados (entre eles o Planet Hollywood, com interior envolvido por enormes telões) para fazer a última refeição com estilo antes de se mandar para o aeroporto.

Texto adaptado de original publicado na revista Viaje Mais, da Editora Europa.

Mais Conteúdo